19 de mai de 2015

A PERSONALIDADE NO CONTROLE DO HUMANO

A PERSONALIDADE NO CONTROLE DO HUMANO

O que é a personalidade?

Esta humanidade, invertida, aprendeu que ter personalidade é algo importante e muito bom para cada humano.

Segundo a Wikipédia: "Personalidade é o conjunto de características psicológicas que determinam os padrões de pensar, sentir e agir, ou seja, a individualidade pessoal e social de alguém. A formação da personalidade é processo gradual, complexo e único a cada indivíduo."

Logo abaixo estão os temas desenvolvidos na Wikipédia sobre a personalidade:

1 Definição
2 Etimologia
3 Aspectos da personalidade
3.1 Forma física e personalidade
3.2 Temperamento
3.3 Competências ou habilidades
3.3.1 Inteligência
3.3.2 Criatividade
3.3.3 Competência social e inteligência emocional
3.4 Disposições ligadas à ação
3.4.1 Necessidades, motivos e interesses
3.4.2 Convicções ligadas à ação
3.4.3 Estilos de superação (coping)
3.5 Disposições ligadas à valoração (ou ao juízo de valor)
3.5.1 Postura
3.5.2 Atitude
3.6 Disposições ligadas à própria pessoa
3.6.1 "eu", "mim" e "autoimagem"
3.6.2 Autoestima
3.6.3 Aspectos disposicionais da dinâmica da autoestima
3.6.4 Bem-estar
4 Desenvolvimento da personalidade
4.1 A estabilidade da personalidade
5 Distúrbios de personalidade
6 Referências

Não me cabe contestar o descrito acima, o que me cabe é apenas fazer bom uso, mostrando que, o que é simples, as personalidades tornam complicado (autodefesa das personalidades sem que os indivíduos percebam).

Então vou simplificar: o que é a personalidade?
É o indivíduo em consciência humana (resposta simplificada).

Quem vive é a sua personalidade, quem fala é a sua personalidade, quem pensa é a sua personalidade, quem se desenvolve (não há conotação positiva ou negativa) é a sua personalidade. E quem vive até o fim deste corpo é a sua personalidade que deseja ser eterna.

Muitos já ouviram e puderam constatar o que denominam como "pureza de uma criança". Por que a pureza? Porque uma criança, ainda é desprovida de uma personalidade. Chamemos esta "pureza" de essência. O humano em sua essência (pureza), ainda desprovido da personalidade, tem seu modus operandi (ser e viver) conduzido por sua essência.

Agora, falando de uma maneira mais clara: o humano (criança), conforme é educado, convive com outros humanos mais velhos e recebe formação de humanos com personalidade. É neste período de vida  que ele começa a desenvolver o que conhecemos como "personalidade". Entenda como algo que cresce e é desenvolvido nele, toma o lugar da essência em comandar o seu modus operandi, e lhe impõe um funcionamento de humano invertido. Há uma boa definição, mesmo que lhe pareça absurda: a personalidade é o "monstro" que está  cresce dentro de você, que te comanda, que você se torna. Por favor, não entenda o "monstro" da maneira corriqueira das personalidades. Entenda-o como o agente da sua inversão. 

Eu não resisto em lhe perguntar: desde quando alguém reconhece que é invertido? Ninguém quer admitir que é. É o mesmo que ouvir a versão de um assassino sobre a sua culpa, sempre há um motivo que o levou a assassinar. A persona é assim com tudo, ela é seu lado podre que o tempo todo te dá desculpas que você gosta de ouvir. Assim ela se mantém no comando.
É duro admitir, mas a melhor maneira de conviver com essa realidade é rindo de si, assim fica leve e mais fácil de perceber tudo isso.

Pronto, agora você sabe que há um "monstro" dentro de você e que o comanda. A sua essência, afastada e aprisionada pela formação da sua personalidade, raramente se manifesta. E apreenda que qualquer manifestação da sua essência não depende do uso ou pronunciamento de palavras.

1- A sua personalidade é o resultado do seu convívio e formação familiar.
2- A sua personalidade é o resultado da sua formação escolar.
3- A sua personalidade é o resultado do seu convívio ou não, com suas amizades.
4- A sua personalidade é o resultado do que o conjunto de mídias lhe impõe.
5- A sua personalidade é o resultado de tudo que este mundo lhe oferece.
6- A sua personalidade é o resultado do modus operandi desta humanidade.
7- A sua personalidade é o resultado do que você é.

Os 7 itens citados acima, são, inegavelmente atrelados componentes de um corpo chamado personalidade da humanidade, ou, de maneira individual, a sua personalidade.
Não há exceções.

Todo humano vivo, constitui uma personalidade, sem exceção.

A personalidade, habilmente (é ela que usa a mente, e a sua mente, mente para você), faz com que o indivíduo pense que ele comanda e conduz os seus atos e sua vida. O humano é enganado quando ele pensa que tem o controle total de tudo que pensa, faz e fala. A personalidade faz isso com extrema facilidade.

Calma, não pense e seja rápido para se responder, pois, se você erra e comete erros, a minha afirmação torna-se incontestável.
Como todo humano, você respondeu que sim e a sem vergonha justificou em pensamento para você: "errar é humano". E você aceita e se conforma com isso, pois a sua personalidade sempre argumenta, justifica e te acomoda, te cala. Eis outro exemplo que ela está sempre no controle.

Agora, se você realmente comandasse o seu modus operandi, você se arrependeria ou cometeria erros ou equívocos? Lembre-se do sentimento de arrependimento e da falta de resposta por ter dito ou cometido algo sem que você quisesse. Está aí a comprovação de que você não tem o menor controle sobre o que fala, faz e pensa. Normalmente você fica sem respostas sobre os seus atos, quando não consegue entender porque algumas coisas foram ditas ou feitas. Mas você sabe que foi você. 
A partir de agora, troque o seu olhar, e comece a enxergar as ações da sua personalidade. Eu não sugeri acomodação, se não houver a sua honestidade íntima, então não perca o seu tempo.

A sua personalidade é quem pensa, e não a sua essência.
A sua personalidade é quem fala, e não a sua essência.
A sua personalidade é quem está no controle, e não a sua essência.

Agora, a sua essência existe, mas, no mesmo caso da sua personalidade, você não tem o menor controle sobre ela.

As inversões impostas nesta humanidade (não interessa as responsabilidades), datam de milhares de anos. Disponíveis para consultas, somente os disponíveis, os registros históricos atestam o funcionamento humano numa escala "evolutiva". Não é piada, é o que você tem em registros históricos.

A inversão humana tem como "evolução": 100 passos para trás e 1 para frente a cada 100 anos. Nem perca seu tempo em calcular a defasagem, pois os cálculos disponíveis da existência humana, eu disse: disponíveis,  são os que satisfazem e acomodam os humanos. Mas insisto: nada disso tem a menor importância. O que interessa é a sua Reversão.

Não é mais necessário me estender com exemplos e mais definições sobre a personalidade, aceite, isso é inquestionável, que você é fruto da sua personalidade (não seja hipócrita em se enganar). Admita que esta humanidade com misérias, guerras, combates, diferenças, injustiças, religiões, políticas, nações, fronteiras, culturas, línguas, e tudo mais que você entende como "pior", tudo isso e muito mais, é fruto das personalidades humanas. O humano que tem a sua personalidade no comando do seu modus operandi, é um humano invertido. E não sou eu que afirmo cegamente, você e a humanidade são a maior e inegável comprovação.

Agora a escolha é sua:
Personalidade ou Essência?
Continuar invertido ou alcançar a sua Reversão?

Decida!

Anthonio Magalhães
http://www.reversaohumana.com.br/#!sobre-1/c1wy0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!