25 de ago de 2013

Injustiças Divinas - Deus mata lentamente um bebê...quem seria esse inocente??


Davi, agora estava de olho na mulher de Urias, Bate-Seba, quando a viu tomando banho. Assim, mandou buscá-la e cometeu adultério com ela - mas só após ela estar "limpa de sua imundície", fique bem claro. Ela acabou engravidando. Assim, Davi elaborou um plano para que Joabe, comandante das tropas, enviasse Urias à guerra na frente da batalha, para que morresse e pudesse ficar com a mulher definitivamente para ele. Isso desagradou a deus. Toda a história está no capítulo 11 de 2 Samuel:

2Samuel,11:2 E aconteceu que numa tarde Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista.
2Samuel,11:3 E mandou Davi indagar quem era aquela mulher; e disseram: Porventura não é esta Bate-Seba, filha de Eliã, mulher de Urias, o heteu?
2Samuel,11:4 Então enviou Davi mensageiros, e mandou trazê-la; e ela veio, e ele se deitou com ela (pois já estava purificada da sua imundícia); então voltou ela para sua casa.
2Samuel,11:5 E a mulher concebeu; e mandou dizer a Davi: Estou grávida.

(...)

2Samuel,11:14 E sucedeu que pela manhã Davi escreveu uma carta a Joabe; e mandou-lha por mão de Urias.
2Samuel,11:15 Escreveu na carta, dizendo: Ponde a Urias na frente da maior força da peleja; e retirai-vos de detrás dele, para que seja ferido e morra.
2Samuel,11:16 Aconteceu, pois, que, tendo Joabe observado bem a cidade, pós a Urias no lugar onde sabia que havia homens valentes.
2Samuel,11:17 E, saindo os homens da cidade, e pelejando com Joabe, caíram alguns do povo, dos servos de Davi; e morreu também Urias, o heteu.

Deus não gostou nada dessa atitude (não a de tomar mais uma mulher para si, fique bem claro, mas a do adultério e do plano de matar Urias; Davi acumulou centenas de mulheres e deus não se incomodou nem um pouco...) e enviou o profeta Natã para repreendê-lo.

Primeiro, numa típica atitude machista e patriarcal da idade de bronze, deus promete que as mulheres de Davi serão estupradas em plena luz do dia por alguém de sua própria família:

2Samuel,12:11 Assim diz o SENHOR: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este sol.
2Samuel,12:12 Porque tu o fizeste em oculto, mas eu farei este negócio perante todo o Israel e perante o sol.

Segundo a bíblia, foi seu próprio filho Absalão quem fez isso, como vemos em 2 Samuel 16:21-22:

2Samuel,16:21 E disse Aitofel a Absalão: Possue as concubinas de teu pai, que deixou para guardarem a casa; e assim todo o Israel ouvirá que te fizeste aborrecível para com teu pai; e se fortalecerão as mãos de todos os que estão contigo.
2Samuel,16:22 Estenderam, pois, para Absalão uma tenda no terraço; e Absalão possuiu as concubinas de seu pai, perante os olhos de todo o Israel.

Ou seja, além de serem escravas sexuais do rei com a autorização de deus, elas também são violentadas para servir de punição contra o pecado de Davi! Mas isso não é tudo...

O que acontece a seguir é uma das mais abjetas e desprezíveis atitudes que o deus do Velho Testamento Jeová comete: para punir Davi pelo seu pecado, ele mata seu filho recém nascido.

2Samuel,12:13 Então disse Davi a Natã: Pequei contra o SENHOR. E disse Natã a Davi: Também o SENHOR perdoou o teu pecado; não morrerás.
2Samuel,12:14 Todavia, porquanto com este feito deste lugar sobremaneira a que os inimigos do SENHOR blasfemem, também o filho que te nasceu certamente morrerá.

E se não bastasse tirar uma vida inocente, nem mesmo lhe concede a dignidade de uma morte rápida e indolor; pelo contrário, o deixa agonizando por sete dias antes de morrer:

2Samuel,12:15 Então Natã foi para sua casa; e o SENHOR feriu a criança que a mulher de Urias dera a Davi, e adoeceu gravemente.
2Samuel,12:16 E buscou Davi a Deus pela criança; e jejuou Davi, e entrou, e passou a noite prostrado sobre a terra.
2Samuel,12:17 Então os anciãos da sua casa se levantaram e foram a ele, para o levantar da terra; porém ele não quis, e não comeu pão com eles.
2Samuel,12:18 E sucedeu que ao sétimo dia morreu a criança;

Esse é o deus que os crentes adoram. Há alguma justificativa para uma atitude abominável dessas de um deus que dizem ser de amor e compaixão? Alguma racionalização genial que explique que um deus de amor e justiça tire a vida de uma criança inocente para punir o seu pai?

Deus de amor? Não! Deus da tortura, deus da injustiça, deus da vingança, deus da morte.
Não tem saída, matar um bebê recém nascido e torturar mulheres inocentes por causa do erro de outra pessoa não tem justificativa diante de um deus que se considera bom e justo; não foi feita bondade nem justiça nesse caso. A única saída é admitir a verdade: que a bíblia foi escrita por homens ignorantes que sequer conheciam o mundo ao seu redor e os males que os afligiam, e a única explicação que tinham é a de que "foi deus quem quis".


https://www.facebook.com/edsongomes20


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo