27 de fev de 2014

PASTOR AFIRMA QUE PESSOAS QUE SE CASAM NOVAMENTE APÓS DIVÓRCIO SÃO ADÚLTERAS

Posted by Liberte Sua Mente on quinta-feira, 27 Fevereiro, 2014


O pastor Steven Anderson, líder da Igreja Batista Palavra de Fé, da cidade de Tempe, estado no Arizona, publicou recentemente um vídeo no qual criticou o divórcio, e afirmou que as pessoas que se separam e se casam novamente são adúlteros.

No vídeo, intitulado “Divorce + Remarriage = Adultery!” (Divórcio + Novo Casamento = Adultério!, em tradução livre) o pastor adverte seus ouvintes de que “nem todas as pessoas podem lidar com este tipo de pregação”, mas que ele era impelido a dizer a verdade contida na Bíblia.

- Eu tenho uma escolha a fazer: eu posso pregar o que as pessoas querem ouvir, ou posso pregar a verdade. E eu escolho dizer a verdade – afirma o pastor.

O religioso, que recentemente causou polêmica ao afirmar que “odeia Barack Obama” e ora por sua morte, afirma em sua pregação que já foi procurado por vários casais para celebrar seus casamentos e que não aceitou alguns desses pedidos, por se tratar de pessoas que já haviam sido casadas antes, e que se divorciaram de seus antigos companheiros.

- O que eu estou pregando hoje é o que Jesus Cristo ensinou há 2000 anos, e Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e para sempre. E eu não me importo se a nossa sociedade abraça divórcio, e se até mesmo os cristãos estão se divorciando no mesmo ritmo que o mundo, eu não vou mudar! – enfatizou Anderson.

VÍDEO:

http://noticias.gospelmais.com.br

4 comentários:

  1. Não concordo que pessoas que se casam novamente sejam adúlteras, isso não tem fundamentos. Seria adúltera se a pessoa casasse novamente e tivesse relações com a antiga esposa ou com outra mulher. Se ouve o divórcio e a separação ocorreu amigavelmente, isso é o que importa. No espiritismo fala que o divórcio, é uma breve corrigenda, pois melhor e mais sábio foi haver o divórcio, pois o casal já não mais se entendendo e muitas vezes essas relações de desentendimentos pode descambar para tragédias como muitas vezes os jornais costumam nos noticiar, aí então a melhor atitude é o divórcio. Pode ocorrer , segundo a doutrina espírita , que karmicamente os divorciantes ainda continuará em débitos com o antigo companheiro(a) pela vida de ralações vividas, por isso sempre é bom quando há os divórcios em harmonia, eles devem ser feito amigavelmente , sem ressentimentos , ódios e rancores.... As leis , mesmo que espirituais mudam com o passar de civilizações e mudanças de comportamentos. No tempo de Moisés, por exemplo, havia a nescessidade da lei do " Olho por olho e dente por dente" porque ? Porque naquela época o povo era muito rude, seus instintos eram muito animalescos e como ainda não podiam entender certas leis espiritual mais avançadas, foi instituida a Lei do " Olho por olho e dente por dente" provisóriamente , para com isso frear as paixões desarraigadas.Este pastor está totalmente fora de foco e não tem nenhuma autoridade espiritual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Beto, segundo o que você fala é doutrina espirita.Mas o que o pastor esta falando é do meio evangélico que não respeita a Bíblia. Se você Beto não entende a Bíblia ou não lê a Bíblia não tem importância, que segundo as escritura você será perdoado,mas se conhece a Bíblia e a lê conforme eles se intitulam Crente, estes sim estão pecando; Ò Pai perdoai, porque eles não sabem o que fazem! Veja serve para o que lê e conhece a palavra e para os que não conhece, simples assim, mas se você sabe e não pratica estes sim estão no pecado, porque segundo as escritura somente pode se divorciar se a mulher for pega em adultério ou se ela morrer. È, pode ser estranho, mas o Pastor esta coberto de razão.

      Excluir
  2. concordo! pessoas que se casam novamente estando o cônjuge vivo estar cometendo adultério perante a palavra de Deus. E não adianta eu fazer cara feia discordando disso, pois não posso contrariar a palavra de Deus!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Não sou espiríta e nem evangélico, mas eu tenho que me colocar no contexto do que o Pastor prega, ele se baseia nas palavras da Bíblia e portanto nesse sentido ele esta coberto de razão, apesar de eu particularmente não concordar com ele. Eu respeito a posição dele como Pastor evangélico. Quanto ao espiritismo eu acho que se trata mais de uma pseudo ciência do que uma religião, mais sou contra a intolerância religiosa, todos tem o direito de acreditar no que quiser e ponto final. Abraços.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!