7 de fev de 2014

ENTENDA COMO A RELIGIÃO DOMINA E CONTROLA O CÉREBRO DA PESSOAS

Posted by Liberte Sua Mente on sexta-feira, 07 Fevereiro, 2014



O cérebro do ser humano é a arma poderosa no Universo. 
Todas as informações são captadas, armazenadas e usadas, mesmo que o seu portador não tenha consciência sobre o que está acontecendo. Todos os milagres são possíveis de serem realizados, basta o subconsciente estar convencido de que é possível. O pensamento é a fonte de todo o bem e de todo o mal. O meio externo raramente interfere, a menos que se pense que ele tem poder para interferir ou mudar uma situação ou condição. Repetir expressões ou qualquer coisa que se ouça, falsa ou verdadeira, é o pulo do gato da mídia, das religiões e dos governos. Trabalhar o cérebro das pessoas, principalmente usando frases curtas, de fácil memorizarão, ou imagens jogadas e vistas constantemente e repetidamente vão ficar gravadas para sempre no subconsciente e, mesmo que a pessoa não queira, depois de gravada, esta imagem ou frase ficará com ele para sempre. É por isso que é aconselhável nunca seguir todos os dias o mesmo caminho para se ir a algum lugar. Se você seguir sempre o mesmo caminho, depois de algum tempo você deixa de raciocinar, de pensar e de usar a inteligência. O cérebro vai tentar economizar energia e raciocinar, pensar ou usar a inteligência se torna desnecessário. Você não percebe e já chegou. Muitos chamam isto de instinto, mas não é nada mais e nada menos que as consequências de uma ação mecanizada e assimilada pelo cérebro. É por isso que muita gente não gosta de matemática e até mesmo tenta decorar matemática, mas quem faz isso, esquece, não aprende se a situacão ou problema sair fora do que ele decorou. Dois mais dois é sempre quatro, mas os textos e os caminhos para se chegar na resposta é sempre diferente.

O mesmo funciona com textos longos e considerados difíceis pois exigem muita energia, atenção e concentração. São poucos aqueles que vão chegar ao fim de um texto longo e difícil, com compreensão. Esta é a tacada de mestre das religiões. Em todas você ouve a mesma coisa todas as vezes que vai a um culto e segue sempre os mesmos rituais. O padre, na sua frente, sempre faz os mesmos gestos e diz as mesmas palavras e orações que todos repetem. E normalmente as oracões são compostas de frases curtas e de fácil memorização. Todos as repetem sem nenhuma dificuldade. É por isso que não se pode ser católico sem ir à missa ou ser evangélico sem frequentar os cultos. Todos precisam estar lá, e ver, e ouvir, e sentir, e repetir. Verdade ou não, não importa. Para o frequentador do culto ou da missa, tudo é, e sempre será, a mais absoluta verdade e nada, nem ninguém, poderá mudar isto.

Platão em. “A caverna” ensina isto muito bem e a maneira como funciona o cérebro, usando poucas palavras. Se você tentar dizer ou mostrar algo diferente do que a pessoa tem impresso no cérebro, ela se torna um inimigo feroz e, muitas vezes, mata-se ou agride-se aquele que ela toma como destruidor e perseguidor da sua fé. Por quê? Porque ensinaram a ela que isto se chama fé.

O Papa Leão XIII explica muito bem como isto funciona quando fala sobre o Rosário de Nossa Senhora na sua Carta Encíclica Magnae Dei Matris:

[...] Além do valor que o Rosário tira da própria natureza da oração, ELE CONTÉM UMA MANEIRA FÁCIL PARA FAZER PENETRAR E INCULCAR NAS ALMAS OS DOGMAS PRINCIPAIS DA FÉ CRISTÃ [...] O ROSÁRIO EM HONRA DE MARIA NÃO É, CERTAMENTE, O ÚLTIMO QUE ELA EMPREGA PARA SUSTENTAR A FÉ. COM EFEITO, COM A SUA MARAVILHOSA E EFICAZ ORAÇÃO, ORDENADAMENTE REPETIDA, ELE NOS LEVA À RECORDAÇÃO E À CONTEMPLAÇÃO DOS PRINCIPAIS MISTÉRIOS DA NOSSA RELIGIÃO: em primeiro lugar, daqueles pelos quais "o Verbo se fez carne" e Maria, Virgem intacta e Mãe, lhe prestou com santa alegria os seus maternais ofícios. Vêm depois as amarguras, os tormentos, a morte de Cristo, preço da salvação do gênero humano [...] são os mistérios gloriosos: o triunfo sobre a morte, a ascensão ao céu, a descida do Espírito Santo; o esplendor radiante de Maria assunta ao céu, e, por último, com a glória da Mãe e do Filho, a glória eterna de todos os Santos. E ESTA A ORDENADA SUCESSÃO DE INEFÁVEIS MISTÉRIOS NO ROSÁRIO É FREQÜENTE E INSISTENTEMENTE EVOCADA À MEMÓRIA DOS FIÉIS [...] Mas o Senhor está com ela, e cumula-a e a faz bem-aventurada da sua graça. E é justamente ela que o celeste mensageiro designa como a mulher da qual, por virtude do Espírito Santo, deverá vir para entre nós homens o esperado Salvador das gentes [...] Eis, portanto, que a bondade e a Providência divina nos deu em MARIA UM MODELO DE TODAS AS VIRTUDES, todo feito para nós especialmente com os mistérios gozosos, que se encerram justamente quando JESUS, DEPOIS DE MOSTRAR A SUA SABEDORIA NO TEMPLO, "VEIO", COM MARIA E JOSÉ, "PARA NAZARÉ, E LHES ERA SUJEITO" LEÃO PP. XIII. 
Analisando o que o Papa está falando sobre rezar constantemente o terço, ele é muito útil porque: “ele contém uma MANEIRA FÁCIL PARA FAZER PENETRAR E INCULCAR NAS ALMAS OS DOGMAS principais da fé cristã [...] Com efeito, com a sua maravilhosa e EFICAZ ORAÇÃO, ORDENADAMENTE REPETIDA, ELE NOS LEVA À RECORDAÇÃO E À CONTEMPLAÇÃO DOS PRINCIPAIS MISTÉRIOS DA RELIGIÃO: o Verbo se fez carne" e Maria, Virgem intacta e Mãe, lhe prestou com santa alegria os seus maternais ofícios. Vêm depois as amarguras, os tormentos, a morte de Cristo, preço da salvação do gênero humano [...] o triunfo sobre a morte, a ascensão ao céu, a descida do Espírito Santo; o esplendor radiante de Maria assunta ao céu, e, por último, com a glória da Mãe e do Filho, a glória eterna de todos os Santos [...] E esta a ordenada sucessão de inefáveis mistérios no Rosário é freqüente e insistentemente evocada à memória dos fiéis [...] Jesus, depois de mostrar a sua sabedoria no Templo, "veio", com Maria e José, "para Nazaré, e lhes era sujeito”.

O que significa “fazer penetrar e inculcar nas almas os dogmas?”.
O que são dogmas?

 
Dogmas são tudo aquilo que não está nas escrituras, isto é, não existe na bíblia, mas a igreja romana faz as pessoas repetir...repetir...repetir...até, como diz o Papa, elas inculcarem isto no cérebro, ele diz “alma”, e penetrando e inculcando tudo isto, está feito. Os fiéis passam a acreditar nisto como única verdade.
O que ele está falando que as pessoas tem que repetir sempre? “o Verbo se fez carne", que e Maria é Virgem intacta e Mãe, que deve se destacar “as amarguras, os tormentos, a morte de Cristo, preço da salvação do gênero humano”, “o triunfo sobre a morte”, “a ascensão ao céu”, “a descida do Espírito Santo”; “o esplendor radiante de Maria assunta ao céu”, e “com a glória da Mãe e do Filho, a glória eterna de todos os Santos”, “o Senhor está com ela, e cumula-a e a faz bem-aventurada da sua graça”. E é justamente ela que o celeste mensageiro designa como a mulher da qual, por virtude do Espírito Santo, deverá vir para entre nós homens o esperado Salvador das gentes”, “a bondade e a Providência divina nos deu em MARIA UM MODELO DE TODAS AS VIRTUDES”, “JESUS, DEPOIS DE MOSTRAR A SUA SABEDORIA NO TEMPLO, "VEIO", COM MARIA E JOSÉ, "PARA NAZARÉ, E LHES ERA SUJEITO”.
O papa diz que Jesus era sujeito à Maria e vá alguém tentar dizer o contrário.
VAMOS CONFERIR:
Jesus somente falou com Maria três vezes em todo o Novo Testamento. E o que Ele disse a ela?

1. “Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?”

2. E, faltando vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho.
Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.
SUA MÃE DISSE AOS SERVENTES: FAZEI TUDO QUANTO ELE VOS DISSER. João 2:3-5

3. Chegaram, então, seus irmãos e sua mãe; e, estando fora, mandaram-no chamar.
E a multidão estava assentada ao redor dele, e disseram-lhe: Eis que tua mãe e teus irmãos te procuram, e estão lá fora.
E ele lhes respondeu, dizendo: Quem é minha mãe e meus irmãos?
E, olhando em redor para os que estavam assentados junto dele, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos.
PORQUANTO, QUALQUER QUE FIZER A VONTADE DE DEUS, ESSE É MEU IRMÃO, E MINHA IRMÃ, E MINHA MÃE. Marcos 3:31-35

Como podemos ver, em nenhuma situacão, Jesus está sujeito à Maria. Ele não foi estúpido com ela, como dizem alguns. Ele apenas fez ela entender que quem cuida dos interesses de Deus é Ele e que todos, incluindo ela são estão sujeitos as leis de Deus e são considerados por Ele mãe ou irmãos aos olhos de Deus. E Maria entendeu isto perfeitamente bem e disse aos serventes, na situacão da falta de vinho: Fazei tudo quanto ele vos disser.
Ela compreendeu e deixou claro, assim como jesus, que ela não é a intermediária entre Deus e os homens, mas Jesus.
Portanto, não existe submissão de Jesus em relacão a Maria, Jesus não está sujeito a Maria como diz a igreja ou o papa.

Por Ana Burke

LIBERTEM-SE DA MANIPULAÇÃO RELIGIOSA!


https://www.facebook.com/ufologiaparacientifico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo