2 de dez de 2013

"PARALISIA DO SONO"...("POSSESSÃO MALIGNA" OU UM EVENTO DE ORDEM NATURAL"?) 1° EDIÇÃO



Você já teve “Paralisia do Sono”? 

O termo parece novo, mas diversas pessoas têm relatado há certo tempo que, após dormirem sentem perda brusca dos movimentos do corpo, como se de repente seu corpo pesasse toneladas, dando a impressão de que seu corpo está preso em cima da cama, além de relatarem perda da fala. Em alguns casos as pessoas também escutam vozes, ou passos dentro de seu quarto, como se alguém estivesse se aproximando, por vezes veem pessoas e/ou cenas e se desesperam.

Ainda não há uma explicação conclusiva, de acordo com alguns estudiosos, por isso quando situações como esta acontecem as pessoas ficam sem saber o que pensar ou a forma como devem agir.

Quem passa por este tipo de situação descreve-a como “um momento terror”, como se estivesse morrendo ou quase. Muitos atribuem estas sensações ao “diabo”, pois sentem-se perseguidas e até sufocadas.

Este fenômeno consite em uma “paralisia temporária do corpo”, após a pessoa acordar ou, muitas vezes antes de adormecer, estando diretamente ligado ao REM (a fase natural do sono na qual ocorrem os sonhos mais vívidos). 

Esta paralisia ocorre quando o cérebro desperta do REM, o que faz com que a pessoa fique consciente, mas imóvel. Este fenômeno, em muitos casos, são acompanhados por "alucinações hipnagógicas".

Muitas pessoas afirmam se verem totalmente imóveis deitadas na cama, porém pela grande possibilidade de surgir objetos “fantasiosos” no quarto, muitas acreditam que tudo foi somente um sonho.

Alguns especialistas acreditam que esta paralisia também esteja por trás de “casos de abduções e encontros com fantasmas”.

Os sintomas mais relatados por pessoas que sofrem desta condição são: paralisia total, perda total da voz, pouco controle da respiração e dos olhos. A pessoa também pode “ouvir vozes” e sentir que há mas alguém ali, em alguns casos pessoas têm relatado que sentem um peso sobre seu corpo.

“O cérebro paralisa os músculos para prevenir possíveis lesões, já que algumas partes do corpo podem se mover durante o sonho. Se uma pessoa acorda repentinamente, o cérebro pode pensar que ela ainda está dormindo, e manter a paralisia”, afirmam alguns especialistas.

A paralisia do sono pode variar, de poucos segundos à minutos e, normalmente são descritos como “momentos assustarores”.

Outros estudiosos porém, acreditam que possa estar diretamente relacionada à "inibição pós Sináptica de neurônios motores na ponte do tronco cerebral”.

Acredita-se que a maior parte da população tende a sentir esta paralisia uma ou duas vezes em sua vida.

Alguém ai já sentiu???

https://www.facebook.com/Desconhecidos.Fatos?ref=stream


4 comentários:

  1. Sim, eu tenho paralisia do sono quase frequentemente, aconteceu muitas vezes que aprendi a perceber quando ela vai iniciar então eu tomo o controle na maior parte das vezes. Quando está para começar eu as vezes corto antes de começar ou peço para entrar.
    A paralisia do sono vem acompanhada de alguma força, 99% das vezes um demônio ou coisas do tipo.
    Todas as vezes que acontece eu percebo presenças no quarto e na maioria delas sinto algo com pernas e braços "humanóide" invisível subindo em cima da minha barriga. Quem não convive com a paralisia nunca entenderá o terror que é te-la, porém no meu caso aprendi a controlá-la, de certa forma, por efeitos de pesquisa pessoal.

    ResponderExcluir
  2. Como posso evitar isso? Me ajude! Eu não aguento mais, vejo cabeças decapitadas em volta da minha cama e um ser misterioso de capuz entrando no meu quarto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá...bom dia!!!

      Olha tudo depende do que você consome....por exemplo: Você é religioso? Consome filmes de terror? Você acredita em lendas urbanas? Você acredita em demônios ou espíritos do além? Você alimenta a sua mente com essas coisas?

      Por eu fiz essas perguntas....??? Porque existe 'N' fatores que contribuem para que as pessoas tenham alucinações, ou seja, ouvir e sentir coisas criada pela própria mente contaminada por crenças adquiriras ou herdadas. Como se tivessem mesmo forças externas do mal que nos atacam quando estamos dormindo.

      Eu mesmo por experiência própria quando eu era religioso evangélico, tinha esses problemas de pesadelos e com muita frequência, eu tinha esse problema terrível da paralisa do sono. Mas até então, eu acreditava que era algo real e demoníaca, porque eu acreditava na existência de "forças ocultas do mal".
      Assim como as pessoas se alimentam mal, é a mesma coisa que fazemos com o nosso cérebro, nós o alimentamos muito mal comprometendo a saúde da mesma, e com efeito somos afetados pelo mesmo com crenças e mitos manifesto pelo próprio cérebro do indivíduo.
      Então associando as minhas crenças e mais esse problema da paralisia do sono, eram realmente ingredientes de combinações perfeitas, para que o meu subconsciente fosse explorado por uma infinidades de crenças gerando assim inevitáveis alucinações durando o sono. Quando que na verdade é uma desassociação entre o corpo e o cérebro.

      Eu conheci uma pessoa que quando era adepta do espiritismo, tinha sensações de sentir, vê e ouvir vozes, mas isso porque essa pessoa acreditava em espíritos, e quando entregamos a nossa mente a esses tipos de crenças, o nosso subconsciente vai liberar por meio de alucinações de tudo que você acredita e que está armazenado em sua memória.

      Então quando essa pessoa se desligou da crença religiosa que tinha, pararam as alucinações e a paralisia do sono também.
      E eu também quando me afastei totalmente do meio religioso ao qual eu fazia parte, nunca mais tive alucinações e nem paralisia do sono.

      Lutar ou controlar quando você está no processo da paralisia do sono ou quando se estar tomado por alucinações, não recomendo a dependência desse tipo de prática, porque o que você está apenas fazendo quando isso acontece, é brigar e controlar os efeitos colaterais desse processo, porque a solução está em resolver diretamente a (((causa))), porque os efeitos só servem para denunciar que existe um problema a ser resolvido.

      A minha dica é o seguinte, e é o que funcionou comigo:

      Você deve se desligar de qualquer coisa que você acredita afundo, ou seja, limpar a sua mente dessas coisas, ainda mais se você é uma pessoa muito suscetível a essas coisas. E quando falo em se desligar é de fato se divorciar totalmente de verdade com muito honestidade com você mesmo dessas coisas.
      Tudo que for de conteúdo credível você terá que abolir da sua vida, buscando ao mesmo tempo coisas saudáveis e positivas para o seu cérebro.
      E se você é religioso e acredita em demônios, espíritos do além ou de histórias de lendas urbanas como se fossem verdades.....você terá que se desfazer de todas essas cargas que o seu cérebro se utiliza quando há esse distúrbio entre o seu cérebro e o seu corpo quando no caso de paralisia do sono.

      Cuide mais da saúde da sua mente, porque a sua mente é um mundo e o mundo é o seu cérebro.

      Excluir
  3. Este fenômeno consite em uma “paralisia temporária do corpo”, após a pessoa acordar ou, muitas vezes antes de adormecer, estando diretamente ligado ao REM (a fase natural do sono na qual ocorrem os sonhos mais vívidos).

    Esta paralisia ocorre quando o cérebro desperta do REM, o que faz com que a pessoa fique consciente, mas imóvel. Este fenômeno, em muitos casos, são acompanhados por "alucinações hipnagógicas".

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo