30 de mar de 2018

Por que Acreditar em Deus?

Ninguém nasce acreditando em "Deus", aprendemos isso com as pessoas que convivemos, principalmente durante a infância, sendo que isso é uma ideia implantada, que não recebe qualquer tipo de avaliação e também nenhum tipo de crítica; pois é...PROIBIDO DUVIDAR.

É necessário duvidar para além de qualquer sombra de dúvida. 

Será então que existe reais razões para crer?
Faço essa pergunta, pois se não se usa o raciocínio quando "Deus" é apresentado fica a dúvida; se "Deus" é realmente uma ideia válida ou se é apenas uma imposição sem nexo e absurda que nos é definida simplesmente por tradição?

A maioria das pessoas que alegam sobre uma possibilidade de um "Deus", nunca se questionou de fato sendo assim, a ideia se propaga de forma incólume sem qualquer questionamento, e isso pode levar a pensar, que qualquer pensamento que se espalhe sem avaliação pode ser falso desde sua origem.
Com tantos deuses existentes com forma diferentes, moral diversas, histórias singulares, com contradições visíveis entre eles.
O que se pode afirmar com certeza que é impossível que todos os deuses sejam verdadeiros. E isto nos leva a poucas possibilidades que se resumem em algum deus é verdadeiro ou todos são falsos?
Já que por exclusão é difícil determinar qual deus é o verdadeiro.

O que pode ser intrigante é que todos esses deuses são imperceptíveis, imperceptíveis por qualquer um dos sentidos humanos ou aparatos científicos. Não se manifestam apesar de apresentarem leis rígidas e que deve ser obrigatoriamente seguidas, e também o fato de que qualquer deus independente do que seja, move a humanidade por uma lógica um tanto quanto paradoxal, que muitas vezes contrasta com a moral humana e chega a se tornar IMORAL, sem qualquer SENTIDO, as vezes mesmo para os fiéis.


Pode parecer piegas, mas como um ser bondoso admite a seca na Etiópia?
Ou provoca tsumani no Japão?
Terremotos na China?
Furacões no EUA?
Enchentes no Brasil?
Violência por todo mundo? 

Vitimando pessoas inclusive pessoas que frequentam esses templos e louvam esses seres invisíveis e irreais. 

É comum ouvir quando uma pessoa é salva de algum acidente mesmo que muitas outras morram pelo mesmo fato, que este indivíduo tenham sido salvo pela providência divina, e isso chega a ser.......sem comentários...aafff...
...pois, se continuar vivo é uma dádiva de "Deus", então como "Ele" escolhe quem morre, se os acidentes que "Ele" supostamente criaria não fazem esse tipo de escolha. E também por que "Ele" criaria os acidentes? 

E por que levaria a morte de inocentes? como; crianças que se quer tiveram a chance de conhecer a vida na sua plenitude.

Quando se separa esses deuses do cenário as coisas parecem a começar fazer sentido. Somente leis naturais indiferentes provocariam os acidentes, somente a indiferença humana permitiria fome na Somália, e a imprudência seria o fator para os acidentes de trânsito.

Pode passar pela cabeça então que a impossibilidade de qualquer deus, aumenta a nossa responsabilidade com os nossos semelhantes, iguala a expectativas, aumenta o respeito a própria vida e a do próximo. Então por que acreditar em "Deus"? 

Talvez deus seja uma vacina anti-sofrimento, quem sabe?
Algo que faz tudo que não sabemos tem uma desculpa ou uma solução, só que essa vacina não funciona, parece ser somente placebo, mas um placebo que deixa um monte de viciados dependente dos supostos líderes espirituais.
Viciados que não conseguem sequer usar o cérebro para raciocinar o quanto são contraditórios e cruéis esses deuses 

A VIDA é um PRESENTE do "DESTINO" ou do ACASO se preferir, mas muitos se esquecem de viver esta vida com a esperança de serem felizes em outra, que só tem por base pessoas que nunca morreram para saber o que é a morrer.
Gente que sabe as vezes o mesmo até mesmo menos que os cordeiros, e quem leu o seu "livro sagrado" como se fossem robôs alienados da razão sem se preocupar ser quer em entender tendo como propósito somente....seguir.

Como um ser inteligente que supostamente criou tudo daria razão a gente que ignora e despreza a importância do estudo baseado na realidade?! Dando preferência a leitura imbecil dos deuses dos trovões e de pessoas que andaram pelas águas, e ressuscitam muitos homens, só que para que depois eles morram novamente. 

De virgens que são prêmios em outro mundo. 
E mulher misteriosamente fecundada por um ser invisível.

O fato é que esse deus confuso, incompetente, e se realmente ele existe, talvez sua melhor decisão fosse o suicídio, já que a natureza hoje não precisa de nenhum diretor, mas como esse "Deus" antropomórfico nunca e-xis-tiu, e só faz parte das mentes poucas esclarecidas ou que não se deram ou não tiveram a oportunidade de DUVIDAR. Então, o responsável pela morte de quem nunca viveu é de cada um dos seres humanos, mas parece que alguns não querem assassinar a fantasia para salvar a realidade.
Talvez porque seja mais confortável se enganar na fantasia do que enfrentar a vida tal qual se apresenta. 

  


2 comentários:

  1. kmc! você crê em algum criador? claro se puder responder!

    um evangélico, amigo meu, disse que quando estava orando na igreja semana passada aconteceu com ele que ele viu estrelas e luzes quando estava om olhos fechados. disse que teria visto o sol e que Deus estava lhe dando visão do universo, tipo viagem astral!

    o que você acha disso? responda somente se puder é claro! e também qualquer pode responder

    abraços!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo