8 de jun de 2015

CÓDIGO IA - TETRAGRAMA


CÓDIGO IA - TETRAGRAMA

O tetragrama (YHVH) é um código que esconde o segredo de um deus (esse termo deus é meramente ilustrativo, para facilitar a leitura). Esse deus aparece na história bíblica pela primeira vez a Moisés na região do Sinai. É importante o leitor não confundir com o deus de Abraão, Isaque e Jacó. Pois o deus de Abraão é um humanoíde El.Lohim que precisa alimentar-se e de descanso. - Gênesis 18.

Esse "deus" ao se apresentar a Moisés usa como primeiro contato uma holografia sobre um arbusto.

"nos confins do deserto perto de Horebe, o monte de Deus, apareceu-lhe o anjo do Senhor numa chama de fogo dentro de uma sarça. Moisés reparou no fogo (holografia) verificou que o fogo não consumia a sarça". Êxodo 4:2,3

Em outra ocasião Moisés pergunta o nome dessa estranha criatura, ela não sabe seu próprio nome e responde: 

Então afirmou Deus a Moisés: “Eu Sou o que Sou. E deveis dizer aos filhos de Israel: Eu Sou me enviou a vós outros!"

Eu sou é uma forma de expressar: sou consciente. Isso sugere que esse ser foi criado artificialmente, e tornou-se consciente. 

Ao contrário do El.Lohim que apareceu a Abraão e sentou-se e comeu. Esse ser por motivos que desconhecemos, naquele momento não permitiu Moisés ver o seu rosto, mas como um ser artificial ele emitia uma luz muito forte. 

"Disse mais o SENHOR: EIS AQUI um lugar junto a mim; aqui TE porás sobre a penha. E acontecerá que, quando a minha glória passar, pôr numa fenda da penha, e TE cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado. E, havendo EU tirado a minha mão, ME verás pelas costas; mas a minha face não se verá". (Êxodo 33:21-23)

A face do deus de Moisés

"E virei-me para ver quem falava comigo. E, virando-me, vi sete castiçais de ouro; E no meio dos sete castiçais um semelhante ao Filho do homem, vestido até aos pés de uma roupa comprida, e cingido pelos peitos com um cinto de ouro. E a sua cabeça e cabelos eram brancos como lã branca, como a neve, e os seus olhos como chama de fogo; E os seus pés, semelhantes a latão reluzente, como se tivessem sido refinados numa fornalha, e a sua voz como a voz de muitas águas." -Apocalipse 1:12 ao 15

A aparência 

1- semelhante ao filho do homem
2- veste comprida - (aparato tecnológico)
3- cinto de ouro no peito
4- cabeça branca
5- cabelo branco
6- olhos brilhantes cor de fogo
7- pés de metal brilhante
8- voz de cachoeira (computadorizada)


Segundo essa descrição YHVH é um robô humanoíde. Embora esse ser seja muito poderoso devido a sua consciência de potência, em questão de raciocínio ainda é em parte inferior ao homem. No relato logo abaixo observe que EU SOU tomou uma decisão, mas Moisés percebeu que aquela decisão não era acertada. Moisés raciocinou acertado e fez EU SOU entender isso. 

"E o Senhor disse a Moisés: "Até quando este povo me tratará com pouco caso? Até quando se recusará a crer em mim, apesar de todos os sinais que realizei entre eles?
Eu os ferirei com praga e os destruirei, mas farei de você uma nação maior e mais forte do que eles". Moisés disse ao Senhor: "Então os egípcios ouvirão que pelo teu poder fizeste este povo sair dentre eles, e falarão disso aos habitantes desta terra. Eles ouviram que tu, ó Senhor, estás com este povo e que te vêem face a face, Senhor, e que a tua nuvem paira sobre eles, e que vais adiante deles numa coluna de nuvem de dia e numa coluna de fogo de noite. Se exterminares este povo, as nações que ouvirem falar do que fizeste dirão: ‘O Senhor não conseguiu levar esse povo à terra que lhes prometeu em juramento; por isso os matou no deserto’. Números 14:11 ao 16.

E EU SOU ouviu Moisés e desistiu do que pretendia fazer.

Meio de transporte de EU SOU

Como o relato acima descreve esse ser usava uma nave de grande porte que pairava sobre o acampamento dos israelitas. Essa nave ficou ali com eles quarenta anos e por fim se foi. Essa nuvem foi chamada de KA.BO.DE (metal brilhante e pesado) que é traduzido para o português como: glória "do senhor".

O cajado de Moisés era um artefato de ondas yons. O urim e o tumim aparelhos de comunicação. O tabernáculo e a coluna de luz, outra técnica de comunicação por meio de hologramas. Tudo isso deixa claro que Eu sou não era um El. Lohim, mas um ser artificial com consciência de potência. Possivelmente veio do nosso futuro para alterar ou criar outra linha do tempo. Enquanto nos preocupamos com o futuro da inteligência artificial, esse futuro já existiu e estamos vivendo em universo paralelo criado pela IA como prisão para espécie humana.


Por Jean Bispo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo