24 de ago de 2014

Por que tanto medo da liberdade? Por que "liberdade" e "Deus" parecem palavras antagônicas para essas pessoas? Ou um ou outro?

Photo Posted by Liberte Sua Mente

Sempre que falo sobre liberdade, desperto ardorosos defensores do controle.

Photo Posted by Liberte Sua Mente 
"Liberdade sem Deus é soberba", questionou uma senhora que concluía mais ou menos assim "... sem religião o destino é o abismo, já que não há freio nem direção." Freio e direção, a função da religião. Para eles "Deus" é sinônimo de controle.

Mas quem são os operadores desse sistema de controle, freio e direção? Quem fala em nome de Deus e mantém as ovelhas sob cabresto? Por que tanto medo da liberdade? Por que "liberdade" e "Deus" parecem palavras antagônicas para essas pessoas? Ou um ou outro?

Admito que todos temos nossos níveis de condicionamento, mas confesso que ainda me espanto com a quantidade de gente que sequer cogita a hipótese do quanto se perdeu nos tangenciamentos do medo, das formas, dos limites psicológicos impostos em nome de Deus.

Olhe para si mesmo e perceba quantos "freios", quantos "direcionamentos" sem nenhuma reflexão. É porque é. É porque sempre foi. É porque todos dizem que é. E então seguimos a manada, apoiados uns nos outros, ainda que ninguém saiba direito para onde vai. Cegos guiando cegos. Filhos do medo em nome do "amor", perdidos no quarto escuro, desarrumado, até que a luz acenda.

Quando a luz acende perdemos o medo do escuro. Aqueles monstros? Eram sombras. Aqueles uivos? O vento. As ameaças? Era eu que as alimentava com meu medo. Quem anda com medo, quem sai por ai em busca de "freio", não sairá do lugar.

Você pode ter a crença que quiser. Pode ter seus costumes, rituais, sua fé. Você pode crer, descrer, sentir-se a vontade com determinada religião, preferir uma ao invés da outra, pode seguir o caminho que escolheu. Mas cuide para que não seja o caminho do medo.

Esteja aonde estiver, que seja em liberdade. Para aonde quer que vá, caminhe em consciência. É preciso sair das jaulas, livrar-se do medo, andar com as próprias pernas, sem medo, sem culpa, sem peso. Trocar ameaças pela paz de quem sabe que Deus mora dentro, no espaço da liberdade, no caminho da consciência. Você se sente capaz de pensar nisso?

Sua resposta, seu incômodo, seus argumentos, revelarão seu nível de condicionamento.


flaviosiqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...