24 de jan de 2018

Por que os animais pré-históricos eram gigantes?

Insetos gigantes, dinossauros e outros animais gigantescos dominavam a pré-história. Por que eles eram tão grandes? Por que diminuíram? E a baleia-azul, onde fica nessa história? Aposto que você nunca imaginou que respirar fosse TÃO importante!

Quer aprender mais sobre esse assunto? Vamos lá!
- Espiráculos: também conhecido como sistema traqueal, as traquéias são pequenos canais localizados na parede do corpo dos insetos;
- Período Carbonífero: período da era Paleozoica do éon Fanerozoico, compreendido entre há 359 milhões e 299 milhões de anos, quando os níveis de oxigênio na atmosfera superava os 35% (contra cerca de 21% da atualidade);
- Lei do quadrado-cubo: princípio matemático-geométrico que descreve a relação entre volume e área de um corpo a medida que aumenta-se ou diminui-se sua forma ou figura;
- Flutuabilidade: uma força ascendente exercida por um fluido que se opõe ao peso de um objeto imerso;
- Fitoplâncton: organismos aquáticos microscópicos que têm capacidade fotossintética, como as algas, e servem de comida para krills e outros zooplâncton;
- Barbas de baleia: longas placas flexíveis de queratina (o mesmo material de que são feitas as unhas e o cabelo) organizadas em duas filas na maxila superior da boca de algumas baleias que servem como aparelho de alimentação por filtragem.

 


Esse vídeo é uma tradução de "MinuteEarth: Why Do Some Animals Get Gigantic?" 
https://youtu.be/-B_ZZjD2ZeU

Fontes (em Inglês) Kaiser, A., et al. (2007). Increase in tracheal investment with beetle size supports hypothesis of oxygen limitation on insect gigantism. 13198-13203. PNAS. Retrieved from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1941816/
Sander, P. Christian, et al. (2011). Biology of the sauropod dinosaurs:the evolution of gigantism. Biological Reviews. 86(1): 117–155. Retrieved from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3045712/
Taylor, M and Weder, M. (2013). Why sauropods had long necks; and why giraffes have short necks. PeerJ 1:e36. Retrieved from: https://arxiv.org/ftp/arxiv/papers/1209/1209.5439.pdf Verberk, W. and Bilton, D. (2011). Can Oxygen Set Thermal Limits in an Insect and Drive Gigantism? PLOS One. 6(7): e22610. Retrieved from: http://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0022610
Slater, G., Goldbogen, J., Pyenson, N. (2017). Independent evolution of baleen whale gigantism linked to Plio-Pleistocene ocean dynamics. Proceedings of the Royal Society B. 284: 20170546. Retrieved from: http://rspb.royalsocietypublishing.org/content/284/1855/20170546


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo