17 de fev de 2015

Reconstrução Planetária II - Imposto do Sol

Reconstrução Planetária II
Imposto do Sol
Inúmeros livros sobre a Mudança Climática falam sobre a necessidade de se encontrar alternativas de geração de energia para diminuir a queima de combustíveis fósseis.
Esta queima está causando o aumento da temperatura mundial com consequências que todos já podem ver nos noticiários e sentir na própria pele.
A solução deste problema implica em uma mudança radical do paradigma desta civilização. Sem trocar o sistema de crenças que rege até hoje a humanidade não haverá solução.
Pois bem. Hoje temos a notícia de que em um país europeu está em análise a criação de um Imposto do Sol. Os consumidores que instalam painéis solares em suas casas terão de pagar um imposto pela energia “produzida” para autoconsumo.
Este é exemplo claríssimo de como continuam pensando da mesma forma que cem anos atrás quando começaram a queimar em larga escala os combustíveis fósseis. Quando se fala que para que a humanidade possa superar a mudança climática é preciso aceitar o Todo e a Centelha Divina, é porque somente com uma mudança radical de visão de mundo é possível resolver isso. Caso contrário iniciativas pessoais como os painéis solares terão essa atitude de desestimulo.
Por quanto tempo a humanidade acha que teremos petróleo para consumir desta forma? Basta verificar qual é a reserva confirmada mundial e dividir pelo consumo diário mundial. Uma simples divisão mostrará o quanto estamos perto da escassez. Claro, sobra o fracking que está em grande expansão no momento. Com todas as consequências de poluição dos lençóis freáticos e consumo de água. Só que isso continua tendo consequências ambientais.
Quanto de aumento da temperatura mundial é possível termos antes de graves problemas em todas as áreas de atuação humana? Encontrar e aplicar as alternativas energéticas é fundamental. Se a humanidade quer ter um futuro neste planeta.
Quando eu era criança escutava que se pudessem cobrariam pelo ar que respiramos. Pela água já cobram. Agora está em pauta o Imposto do Sol. Será que chegaremos a ver o dia em que a atmosfera estará irrespirável e teremos de pagar pelo oxigênio que respiramos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo