12 de jan de 2019

B-2 Spirit - O avião mais caro do mundo

Nenhum comentário:
O Northrop (mais tarde Northrop Grumman) B-2 Spirit, também conhecido como Stealth Bomber, é um bombardeiro estratégico furtivo dos Estados Unidos, projetado para penetrar densas defesas antiaéreas; é um projeto no formato "asa voadora". O bombardeiro pode lançar armas convencionais e termonucleares, tais como bombas Mark 82 JDAM guiadas pelo Sistema de posicionamento global ou dezesseis bombas nucleares B83 de 1.100 kg. O B-2 é a única aeronave reconhecida que pode transportar mísseis ar-terra em uma configuração furtiva.

Foi desenvolvido originalmente sob o projeto "Advanced Technology Bomber" (ATB) durante a administração de Jimmy Carter; seu desempenho foi uma das razões para o cancelamento do bombardeiro supersônico B1-A. O projeto ATB continuou durante o governo de Ronald Reagan, mas as preocupações com atrasos na sua introdução levaram ao restabelecimento do programa B-1 também. Os custos do programa aumentaram ao longo do desenvolvimento. Projetado e fabricado pela Northrop, mais tarde Northrop Grumman, o custo de cada aeronave era de 737 milhões de dólares (em valores de 1997). Os custos totais de aquisição em média eram de 929 milhões de dólares por aeronave, o que inclui peças sobressalentes, equipamentos e suporte de software. O custo total do programa, incluindo desenvolvimento, engenharia e testes, foi de cerca de 2,1 bilhões de dólares por aeronave em 1997.

Devido ao seu considerável custo operacional, o projeto foi controverso no Congresso dos Estados Unidos e entre os Chefes do Estado-Maior Conjunto. O fim da Guerra Fria na última parte da década de 1980 reduziu drasticamente a necessidade da aeronave, que foi projetada com a intenção de penetrar no espaço aéreo da União Soviética e atacar alvos de alto valor. Durante o final dos anos 1980 e 1990, o Congresso reduziu os planos de comprar 132 bombardeiros para apenas 21 unidades. Em 2008, um B-2 foi destruído em um acidente logo após a decolagem, embora a equipe tenha conseguido ejetar com segurança. Um total de 20 B-2s permanece em serviço na Força Aérea dos Estados Unidos, que planeia operar os B-2s até 2058.

A aeronave é capaz de realizar missões de ataque de altitude máxima de 15 km, com uma autonomia de mais de 11.000 km de combustível interno e mais de 19.000 km com um reabastecimento aéreo. Entrou em serviço em 1997 como o segundo avião furtivo lançado no mundo, após o Lockheed F-117 Nighthawk. Embora originalmente concebido como um bombardeiro nuclear, o B-2 foi usado pela primeira vez em combate na Guerra do Kosovo em 1999. Mais tarde serviu também nos conflitos do Iraque e do Afeganistão.

ORIGEM 

 Em meados da década de 1970, os projetistas de aeronaves militares descobriram que havia um novo método para evitar mísseis e interceptores, hoje conhecidos como "stealth". O conceito era construir uma aeronave com uma estrutura que desviasse ou absorvesse sinais de radar de modo que pouco fosse refletido de volta para a unidade de radar. Uma aeronave com características furtivas seria capaz de voar quase sem ser detectada e poderia ser atacada apenas por armas e sistemas que não dependem de radares. Embora existissem outras medidas de detecção, como a observação humana, a sua área de detecção relativamente curta permitia que a maioria destas aeronaves voassem sem serem detectadas pelas defesas, especialmente à noite.

Em 1974, a DARPA solicitou informações a empresas de aviação dos Estados Unidos sobre a maior seção transversal de radar em que uma aeronave permaneceria efetivamente invisível aos radares. Inicialmente, a Northrop e a McDonnell Douglas foram selecionadas para o desenvolvimento. A Lockheed tinha experiência neste campo devido ao desenvolvimento do Lockheed A-12 e SR-71, que incluiu várias características furtivas, notavelmente o uso de materiais compostos em posições chaves e o revestimento de superfície que absorve os sinais de radar. Uma das principais melhorias foi a introdução de modelos computacionais usados ​​para prever as reflexões de radar de superfícies planas onde os dados recolhidos levaram ao desenho de uma aeronave "facetada". O desenvolvimento dos primeiros desenhos começou em 1975 com "o diamante sem esperança", um modelo Lockheed construído para testar o conceito.


Os planos estavam bem avançados no verão de 1975, quando a DARPA iniciou o projeto Experimental Survivability Testbed (XST). A Northrop e a Lockheed tiveram seus contratos adjudicados na primeira rodada de testes. A Lockheed recebeu o prêmio único para a segunda rodada de teste em abril de 1976 levando ao programa Have Blue e eventualmente o avião de ataque furtivo F-117.

A Northrop também tinha uma aeronave de demonstração de tecnologia, a Tacit Blue, em desenvolvimento em 1979 na Área 51. Desenvolveu tecnologia furtiva, LO (low observables), fly-by-wire, superfícies curvas, materiais compostos, inteligência eletrônica (ELINT) e Campo de Batalha Experimental de Aeronave de Vigilância (BSAX). "A tecnologia furtiva desenvolvida a partir do programa foi posteriormente incorporada em outros projetos de aeronaves operacionais, incluindo o bombardeiro B-2".
 

Link do vídeo de demonstração
https://youtu.be/f6aK2yssLS0
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Northrop_Grumman_B-2_Spirit


11 de jan de 2019

Como O Cinema Moldou Nossa Ideia de Masculinidade

Nenhum comentário:
Após décadas e décadas de filmes, não há dúvidas de que o cinema foi um dos responsáveis por moldar nossa ideia do que um homem deve ser. Mas será que esses ideias são saudáveis?





10 de jan de 2019

IDENTIDADE CULTURAL - Especial Belchior

Nenhum comentário:
Antônio Carlos Gomes Belchior Fontineles Fernandes...ou simplesmente Belchior.

Natural de Sobral, cursou medicina até o 4º ano, mas a música falou mais alto, e o Brasil conheceu o então jovem rapaz latino americano. Sempre bem humorado, dono de uma poesia contundente, encantava o povo e suas dores. Trilha sonora de várias gerações e vivia o que cantava. 


No dia 30/04/2017, o ícone da música brasileira deixou o nosso país com olhar lacrimoso.





6 de jan de 2019

A IDOLATRIA BOLSONARO O "MITO" DA EXTREMA DIREITA

Um comentário:
Muitas pessoas criticaram e criticam até hoje a adoração que os petistas, tinham e tem até hoje com ex- presidente Lula, porém em se tratando desse novo governo, será que está sendo o oposto? 




4 de jan de 2019

A história do Playstation (do PS1 ao PS4 e Atari)

Nenhum comentário:
A série de história da tecnologia nos games vai falar da evolução do PlayStation, de antes do primeiro modelo até hoje, na porta da próxima geração. Essa trajetória tem lançamentos e revoluções, mas também tem traição, zoeira e muito mais. 

Nós vamos entrar no mundo dos games e contar a trajetória de uma das empresas mais icônicas dessa indústria, a Atari. Aproveitando a nossa cobertura da BGS 2018, maior feira de games da América Latina, a gente vai contar tudo sobre
essa empresa que ajudou a formar a base do que a gente joga hoje.




2 de jan de 2019

QUANDO A PARANOIA TOMA POSSE

Um comentário:
O presidente Jair Bolsonaro tomou posse no primeiro dia de 2019. Junto com ele, muitos medos irracionais e injustificados também subiram a rampa do Palácio do Planalto. Em muitos sentidos, agora somos governados por esses medos. 



Fonte: Meteoro Brasil
A entrevista completa de Timothy J. Power 
https://bit.ly/2SDcZbe 
A entrevista completa de Jason Stanley 
https://youtu.be/I1udxbLV_NY


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo