9 de abr de 2017

Por que sentimos carência?




Será que uma pessoa carente é sinônimo de pessoa fraca e sem a si mesma, em busca de que alguém a supre dessa necessidade?

Existe limites para a carência, e se tem até que ponto seria essa carência algo interativo e positivo?

Será que qualquer nível de carência deve ser erradicada e reprimida ao máximo?

Mas se a carência é algo natural, porque vemos a carência como algo negativo e sem valor algum?

Seria a carência algo como um predador em busca de sua presa?

Então vamos entender dentro de uma visão bem mais ampla esse tipo de comportamento e sentimento que as pessoas tem, mas fora da caixa, em que infelizmente é totalmente ignorada e bem mal compreendida entre nós seres humanos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!