2 de mar de 2017

VERDADE SEM SELO DE QUALIDADE. VOCÊ TEM UM RÓTULO RELIGIOSO E AINDA NÃO SE APERCEBEU DISSO!


Por essas e outras rezões que rótulos só trazem rixas, desavenças, e militâncias, e etc.
Eu tenho notado esse tempo todo que muitos fazem das tarjas religiosas torcedores de "times de futebol."
Não é nada legal isso! 

É puramente nociva esse tipo de comportamento e idéia.
Por isso que o sensato não era se identificar com nada em razão do que alguém é hoje a nível da livre consciência.
Eu costumo sempre dizer assim: Eu não sou ateu por conta de perceber que algo que é de pura invencionice humana perdida e carente por um tal ser supremo, para dirigir e fazer tudo por ela.
Na verdade deveria ser assim: O fato de eu não mais acreditar em um deus, porque o mesmo não existe e nada pode fazer por alguém, isso não me faz ateu ou qualquer coisa por ter descoberto a existência de uma fraude religiosa criada. Porque tão somente os seres humanos não nasceu vindo ou sendo nada na vida, apenas sendo ele mesmo em sua livre essência de ser.
Qualquer tipo de rótulo que se utiliza ainda que possa soar algo que tem tudo a vê ou de que a minha verdade precisa de um selo para legitimar, só nos serve mesmo para nos marcar com um "selo" ou com um "X" a verdade que temos hoje, que acaba por sua vez comprometendo e reduzindo a mesma em algo totalmente contrária a verdadeira natureza da verdade livre de limitações e identificações humanas.

Uma pessoa que se identifica e adere a um rótulo como no caso atual.... como por exemplo - "eu sou ateu" - é a mesma coisa das pessoas da era medieval que eram taxadas de hereges pela igreja dominante da época, quando alguém era contra as ideologias do clero.
Então esses termos que as pessoas adotam são meras formas de excomungação, quando as mesmas deixam de acreditar em mitos e divindades.
Então sendo assim, seja o termo herege ou ateu são termos dado pela igreja e não porque os mesmos são de caráter natural de um indivíduo. Mas eu sei que as vezes sem percebermos temos a falsa necessidade de validar as nossas verdades apoiado em alguma coisa para mostrar, que o que tenho hoje tem mais peso em nome do rótulo tal, e que com efeito é diferente ou superior a sua verdade. Sendo assim o ego nos enreda presos numa "verdade" de militantes crenças.

Então o termo ateu é apenas uma versão mais nova dada também pela religião dos que eram lá atrás chamados de hereges.
Tarjas ou rótulos nos limita e nos reduz ao que adotamos na crença de que a nossa verdade precisa de um selo de qualidade do Inmetro.
Deixar as religiões ou deuses 'A' ou 'B', mas ainda faz o que os religiosos fazem quando aderem uma religião, só significa que você está agora identificado no lado oposto do rótulo da crença alheia, por conta do que você acredita em uma mera verdade rotulada.
Se você era antes um evangélico e posteriormente passou a ser um ateu, qual é então o diferencial de tudo isso?
Não seria apenas vestir a camisa pelos avesso?
Então a sua verdade não precisa ser carimbada com o termo 'X' ou 'Y', a mesma precisa apenas de você para que o efeito positivo possa acontecer e fluir livremente em sua vida num todo.

UMA VERDADE LIVRE DE QUALQUER RÓTULOS OU CRENÇAS ISSO TUDO FAZ DO SEU MUNDO DE SER E VIVER BEM MELHOR.

Seja livre na sua verdade!

- Renato Brito


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!