12 de mai de 2015

Uma palestra bem inconveniente de Al Gore

Uma palestra bem inconveniente de Al Gore

Al Gore, admite que a maior parte do aquecimento global que ocorreu até 2001 não foi causada particularmente por emissões de CO2.

“Gore reconheceu a Newsweek que os resultados poderiam complicar os esforços para construir um consenso político em torno da necessidade de limitar as emissões de carbono”, informa BB News.

Al Gore pretendia ser o primeiro Zilhonário do Planeta vendendo a idéia do mal do dióxido de Carbono.  Essa “revolução verde” da mídia que ignora os fatos reais contribui com a teoria da culpabilidade do homem sobre as radicais mudanças de clima na Terra apoiando grandes mentes negativas a ganharem sempre mais poder, status e lucro certo.

A empresa de Gore de investimento, Generation Investment Management, que vende estratégias e oportunidades de compensação de carbono é o maior acionista da CCX (Climate Exchange). 

O comércio do Carbono (CO2) rende milhões. Campanhas que resgatam dinheiro e vendem essa idéia se aproveitam da ignorância da grande parcela da humanidade. Como se não bastasse, a idéia dessa “igreja ambientalista”  como dizem por aí, deixa uma seqüela, uma ferida que nunca cicatriza  – a culpa. 

A idéia da mensagem da culpa é a mesma empregada. Quanto mais nos sentimos culpados, mas nós estamos nas mãos deles. Então o que fazemos para mudar as coisas, já que não temos CONSCIENCIA para mudar? Pagamos um tributo para nossa CULPA.

O fato é que: ao destruirmos nossas reservas de verde, desmatando, poluindo  nossas águas e matando todo tipo de vida animal ficamos infinitamente mais vulneráveis a essas mudanças de clima que estão ocorrendo em todo Globo terrestre.

Ao poluir a água ela se torna mais cara para nós, pois temos que buscá-la em fontes distantes e isso “custa alguma coisa”. Ao desmatarmos a ação causa erosão da terra, aquecimento do local. O ambiente fica mais quente!!!

Não precisa pensar muito: Vc mora em um prédio no centro da cidade. Só há concreto em volta. Se vc se afastar da cidade e se dirigir para o campo, para o verde, a temperatura muda, não? Tudo fica mais fresco. Essa é a mudança que estamos pagando. A mudança de atitude pela burrice que fizemos em não preservar áreas verdes próximas, por sujar rios e lagoas que nos cercam, por barramos  o escoamento da natureza... Vamos ter muitas inundações.

Com o aquecimento já previsto com a mudança dos pólos as coisas vão ficar difíceis para todos, pois não temos água potável perto, não temos áreas verdes por perto e não temos como produzir nossa própria comida, pois elas vêem do SUPERMERCADO!

Estamos sem alternativas. Construímos prédios imensos, torres gigantes, fabricamos todo tipo de material para manter uma vida “confortável” dentro dessa forma que inventamos de uma vida mecânica. 

O que estamos fazendo no planeta é extremamente errado! Estamos matando e sujando nossa própria casa, nossa própria condição de existência, mas independente dessa atitude irracional o que não atentamos é que tudo está aliado implicitamente ao consumismo que esse mesmo poder que prega NOSSA CULPA nos condicionou.  Um morde e assopra de grandes mentes NEGATIVAS!

Gore acusa agora de fuligem e de metano o aquecimento global, deixando uma outra porta aberta para um imposto sobre o gado, um imposto sobre a carne, um imposto sobre o leite, e assim por diante até que ele mude de idéia novamente e arrume outro “culpado”  para que também possa ser tributado.

Gore escreveu em seu livro que nossa mente pode ser um entrave à mudanças. 


Essa foi a coisa mais SENSATA que essa besta pode nos dizer!

Mude! Ainda é tempo!

http://bloglaurabotelho.blogspot.com.br/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!