13 de mai de 2015

POR TRÁS DAS PALAVRAS



POR TRÁS DAS PALAVRAS

Toda palavra é um símbolo, e todo símbolo tem seu significado. Quero chamar atenção aqui a um Salmo bíblico, na verdade o queridinho de todos, o Salmos 23. 

"1- O Senhor é o meu pastor; nada me falta.

2. Em verdes prados me faz descansar, e para águas tranquilas me guia em paz.

3. Restaura-me o vigor e conduz-me nos caminhos da justiça por amor do seu Nome.

4. Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem.

5. Tu prepararás um banquete para mim na presença dos meus inimigos; me honrarás,

6. A felicidade e a misericórdia certamente me acompanharão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do Senhor por dias sem fim". - Salmos 23 Bíblia JFA.

A questão aqui para entender esse salmo é descobrir quem é o Senhor mencionado pelo poeta. Mas isso não é uma coisa difícil de entender. Esse Salmo foi escrito há muito tempo, dentro de uma sociedade agrícola e adoradora do Sol.

"Porquanto DEUS, o Eterno, é sol e escudo, o SENHOR concede bênção diante do seu brilho. Ele nenhum bem recusa aos que vivem com integridade". - Salmos 84 : 11. Bíblia JFA

Bom, agora sabendo que o Senhor citado pelo poeta é apenas o Sol, fica fácil entender o resto do Salmos 23. Veja:

2. Em verdes prados me faz descansar, e para águas tranquilas me guia em paz.

3. Restaura-me o vigor e conduz-me nos caminhos da justiça.

O poeta está falando do fim do inverno gelado do oriente médio que costuma nevar e da chegada da primavera com a glória (brilho-fulgor) do sol, quando os prados ficam verdes e as aguas dos riachos tranquilas.

4. Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem.

Os viajantes do antigo oriente médio viajavam pelas sombras dos vales das montanhas, tornando-se alvos fáceis dos ladrões salteadores e assassinos que os aguardavam para roubar e mata-los ao anoitecer. O poeta deposita confiança na luz do sol. Ele não diz que vai aventurar-se nesse vale, mas se fosse preciso confiaria na luz do sol, evitando atravessar o vale a noite.

5. Tu prepararás um banquete para mim na presença dos meus inimigos; me honrarás,

6. A felicidade e a misericórdia certamente me acompanharão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do Senhor por dias sem fim.

Aqui mais uma vez o poeta deixa claro que confia no poder do Sol para ter uma boa colheita e rebanhos fartos, desejando obter fartura superior aos seus oponentes. E, por fim deseja ser feliz na casa (sistema Solar) do Senhor por tempo indefinido.

Pelo que vemos os antigos tinham um conhecimento até mesmo superior a muitos atualmente.

Se acreditarmos no Salmos 23 literalmente, a cena literal seria como a da imagem ilustrativa dessa postagem acima...


By Jean Bispo]


Um comentário:

  1. Numa posição de "ovelha" é claro que essa mensagem em relação ao mundo das antigas civilizações, vai soar como algo sem sentido e que não tem nada a vê. Mas isso é normal para quem é, e se comporta como tal, porque foram programados para serem "ovelhas" = não pensar ou não refletir em nada. Porque os mesmos cegamente por medo da "tirania divina" preferem sair pela tangente sem ao menos ser sinceros consigo mesmos (as) a respeito do assunto em questão.
    Isso tudo se deve ao fato, de que tudo para os adeptos da máfia religiosa acham que o conto de fadas da bíblia, se tem a coletiva utópica ideia que todas as repostas tendo como único parâmetro de vida....bom eu tenho percebido ao contrário disso.
    Uma verdade que incomoda ou aborrece facilmente é mantido acintosamente a preferência pela mentira confortante.

    Hoje essa mensagem para muitos ainda preso na ilusão de um deus ou um mito, será algo extremante estranho com muito teor de heresia, porém essa mensagem ela pode ser entendida assim em nossos dias atuais por incautas mentes, mas essa mensagem naquela época em que foi escrita era a coisa mais natural do mundo em se 'adorar" o sol como deus.
    A ideia monoteísta só existe na cabeça do crente ou das "ovelhinhas", como verdade absoluta, porque para os tais, onde há uma multidão seguindo e fazendo a mesma coisa, se tem a equivocada ideia da "verdade da maioria."

    Engraçado que ter fé e adorar um ser invisível, tá tudo certo e é a coisa mais natural do mundo. Então quem é o louco da história?!

    Quando esse mundo atravessar uma outra vindoura era, as pessoas dessa nova nascente transição, irão rir e muito das pessoas de nossos dias.....dizendo mais ou menos assim: "como aquele povo era fraco e atrasado e também um bando de irresponsáveis, por se negarem a si mesmos em sacrificar a própria vida em função do nada, tendo como meta apenas uma coisa.....a ampliação do bem e o do mal, onde o deus daquele povo era uma criatura de puro reflexo dos homens que o criou.

    Só "ovelhas" precisam de pastor!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo