30 de mai de 2015

432Hz A FREQUÊNCIA MÁGICA DA VIDA!

Atualmente a freqüência padrão para os instrumentos musicais é 440Hz.
Esta é apenas uma frequência possível entre diversas, e por certo não a mais harmônica ou saudável, as descobertas recentes indicam que essa afinação contemporânea pode gerar um efeito prejudicial à saúde ou um comportamento anti-social na consciência dos seres humanos.
Tal padrão foi aceito internacionalmente em 1939, há uma teoria que diz que a mudança foi ditada pelo ministro de propaganda nazista, Joseph Goebbels, ele usou-a para fazer com que as pessoas pensassem e sentissem de uma certa maneira, e para fazê-los prisioneiros de uma certa consciência. Então, por volta de 1940, os Estados Unidos introduziram mundialmente o 440Hz, e finalmente em 1953, tornou-se o padrão pela ISO. E a partir de então se tornou dominante ao ponto de muitos musicistas nem explorarem outras possibilidades. Antes dessa padronização, diversas afinações eram utilizadas, dentre elas a afinação em 432Hz. O compositor italiano Verdi utilizava essa afinação (432Hz), que ficou conhecida como a afinação de Verdi – C =256Hz e A=432Hz, por considerá-la mais rica, natural além de “cientificamente correta”.
A ciência por detrás de 432Hz vai muito além da sonoridade, e se harmoniza com nossa biologia e com as proporções matemáticas utilizadas pela natureza, além de estimular a sincronização dos hemisférios cerebrais cuja freqüência de 8HZ é a frequência ideal para o aprendizado e para o bem-estar do organismo. 8HZ não é audível para nós, e corresponde a nota dó (quando de acordo com lá em 432HZ) – 8, 16, 32, 64, 128, 256.
432
432hz está em harmonia com:
O coração humano (ritmo cardíaco),
A frequência de replicação do DNA,
O máximo funcionamento cerebral (sincronia entre os dois hemisférios),
A frequência fundamental da Terra, 8hz - ressonância de Schumman,
Com a geometria musical da criação.


A escala musical de 432Hz vibra sobre os princípios do número Áureo PHI (Φ) e unifica as propriedades da luz, tempo, espaço, matéria, gravidade e magnetismo com a biologia celular, o código do DNA e da consciência. Essa frequencia de 432 Hz, está por trás de toda a criação. A sintonia natural de 432 Hz tem efeitos profundos sobre a consciência e também no nível celular de nossos corpos.
O nosso ouvido interno, por exemplo, funciona com base no número Phi (1,618). As águas dos nossos ouvidos internos dependem da Espiral de Fibonacci através da concha como a estrutura da cóclea para manter-nos centrados ou aterrados. Esta forma de espiral de Fibonacci ajuda a cancelar certos padrões inerciais de interferência de ondas, a fim de nos manter bem equilibrados com o meio ambiente que nos rodeia.




http://www.naterradosbudas.com/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo