3 de abr de 2015

HITLER AFINAL NÃO MORREU!!

Adolf Hitler terá fugido de submarino para a Argentina, onde viveu numa fazenda fortemente vigiado no final da Segunda Guerra Mundial, de acordo com afirmações sensacionais contidas em arquivos do FBI recentemente divulgados, segundo alguns jornais. O «führer» sofria de asma e de úlceras.

Segundo o Express, um conjunto surpreendente de arquivos mostra que o FBI de J. Edgar Hoover acolheu seriamente reivindicações da sobrevivência de Hitler e designou uma equipa para explorar dezenas de dicas.

Os documentos surpreendentes pormenorizam como um fugitivo argentino alegou que ajudou Hitler, duas mulheres e outros alemães a desembarcar de um submarino no país sul-americano aproximadamente duas semanas e meia depois da queda de Berlim, em Abril de 1945.

Hitler e os seus companheiros foram em seguida a cavalo para o sopé do sul dos Andes, onde o plano era que o grupo de 50 homens ficasse ali a morar com famílias alemãs em aldeias da região.

O informador argentino, que deu as informações às autoridades dos Estados Unidos na esperança de obter asilo em troca, não tem o nome nos jornais.

No entanto, deu uma descrição de Hitler a um jornalista do Los Angeles Examiner em 29 de Julho de 1945, afirmando que o nazi «sofria de asma e úlceras, rapou o bigode e este deixou uma grande marca no lábio superior» .

O informador ainda deu direções sobre o paradeiro de Hitler, e disse: «Se você for para um hotel em San Antonio, na Argentina, arranjo um homem para ir lá ter consigo e localizar a fazenda onde Hitler está» .

«Ele está fortemente vigiado é claro, e você estará a arriscar a vida para ir até lá», acrescentou.

A informação chegou ao chefe do FBI, o lendário J. Edgar Hoover, que a transmitiu ao Departamento de Guerra.

In diariodigital.sapo.pt

http://www.jornalq.com/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!