23 de out de 2014

Pesquisadores encontram famosa masmorra de Drácula [VÍDEO]

Da realidade à ficção e da ficção à realidade: assim tem percorrido, por séculos, o mítico personagem conhecido como Conde Drácula, ou Príncipe Vlad III, da Valáquia, que inspirou o escritor Bram Stoker em seu clássico romance gótico. E os estudiosos não param de fornecer mais dados para ampliar o que já sabemos sobre essa figura obscura, polêmica e fascinante. Recentemente, um grupo de arqueólogos turcos, liderados por Ibrahim Cetil, encontrou, em escavações feitas no Castelo de Tokat, ao norte da Turquia, um túnel secreto que leva à masmorra na qual teria sido preso Vlad, o Empalador, em torno de 1442.

DE ACORDO COM OS DOCUMENTOS HISTÓRICOS, DRÁCULA TERIA SIDO MANTIDO COMO REFÉM AO LADO DE SEU PAI E DE SEU IRMÃO POR 12 ANOS
Talvez tenha sido o encarceramento nesse local o que ajudou a forjar o caráter sanguinário de Drácula. Uma vez livre, ele liderou a resistência à invasão otomana, na qual teriam morrido 80 mil inimigos. Destes, 20 mil foram empalados e exibidos na cidade de Târgoviste, para causar terror aos invasores. De acordo com os documentos históricos, Drácula teria sido mantido como refém ao lado de seu pai e de seu irmão por 12 anos. Ao final, teria retornado e revindicado o trono de Valáquia, enfrentando os otomanos em uma batalha sangrenta. Para os pesquisadores, não há dúvidas de que o lugar onde foi feito esse cativeiro histórico é a masmorra recém-descoberta no Castelo de Tokat.

Veja mais imagens da masmorra no vídeo abaixo



http://seuhistory.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo