31 de out de 2014

Estariam os Illuminati presentes na construção do novo aeroporto da capital do México?

Nenhum comentário:

Estariam os Illuminati presentes na construção do novo aeroporto da capital do México?
Há poucos dias, o governo mexicano apresentou o projeto de construção do novo Aeroporto Internacional da Cidade do México. E não foram poucos os que relacionaram essa megaobra de engenharia a temas esotéricos, desde a simbologia de grupos como os Illuminati (o que seria explicado pela presença indireta no projeto de Carlos Slim, um dos homens mais ricos do mundo e membro de sociedades secretas que norteariam sua vida) até similaridades com imagens de reptilianos.

Os símbolos presentes na estrutura arquitetônica do aeroporto foram interpretados profundamente por diversos especialistas em análise críptica, que difundiram suas conclusões pelas redes sociais. Entre elas, está a semelhança entre o projeto apresentado pelo arquiteto britânico Norman Foster (filho de Carlos Slim) e imagens de vimanas (máquinas voadoras descritas em culturas antigas), a exemplo do óvni que aparece na obra “A crucificação”; o “Olho de Sauron”, signo maléfico da saga O Senhor dos Anéis; ou o olho maçônico.


Não é a primeira vez que as estruturas de um aeroporto geram suspeitas por causa de seu design ou por conter mensagens criadas por grupos ocultos que controlariam o mundo. Isso aconteceu com o aeroporto de Denver, onde os teóricos da conspiração encontraram mensagens criptografadas sobre a Nova Ordem Mundial. E algo parecido já havia ocorrido com obras de Foster. Para alguns, trata-se de uma semelhança inevitável por ser uma mega construção; para outros, um novo testemunho da capacidade da mente humana de criar enigmas; e, para muitos, uma prova reveladora do avanço das seitas, e sua simbologia fecunda, que ditam o futuro do planeta.
http://seuhistory.com/noticias/



30 de out de 2014

O Criminoso é o Eleitor!

Nenhum comentário:

Você é o criminoso, ó Povo, já que é você o Soberano. É verdade, você é o criminoso inconsciente e ingênuo. Vota e não vê que você é vítima de si mesmo.

Contudo, não repara ainda por experiência própria que os deputados, que prometem lhe defender, como todos os governos do mundo presente e passado, são mentirosos e impotentes?

Você sabe e se queixa disso! Sabe e os elege! Os governantes, quem quer que sejam, trabalharam, trabalham e trabalharão pelos seus próprios interesses, pelos das suas castas e das suas máfias.

Onde foi e como poderia ser de maneira diferente? Os governados são subalternos e explorados: conhece algum que não seja?

Enquanto você não tiver compreendido que só cabe a você produzir e viver a seu modo, enquanto suportar – por medo – e fabricar – por crença na autoridade necessária – chefes e diretores, fica também sabendo, os seus eleitos e os teus senhores viverão do seu trabalho e da sua patetice. Você reclama de tudo! Mas não é você o autor dos mil males que te devoram?

Reclama da polícia, do exército, da justiça, dos quartéis, das prisões, das administrações, das leis, dos ministros, do governo, dos financeiros, dos especuladores, dos funcionários, dos patrões, dos padres, dos proprietários, dos salários, dos desempregados, do parlamento, dos impostos, dos fiscais da alfândega, dos possuidores de rendimentos, da carestia dos víveres, das rendas dos prédios decadentes e urbanos, dos longos dias de trabalho no escritório e na fábrica, da magra ração, das privações sem conta e da massa infinita das desigualdades sociais.

LEIA TAMBÉM:

Doações eleitorais de construtora de viaduto subiram de R$ 10 mil a R$ 2 milhões ao vencer licitação
Bancada de empresários e latifundiários são mais da metade do Congresso Nacional
Quase metade da nova Câmara dos Deputados será formada por milionários
Só 35 deputados se elegeram com a própria votação
Eles venceram outra vez (Eleições 2014)
A FARSA DO VOTO

Se queixa, mas quer a manutenção do sistema em que vegeta. Se revolta, por vezes, mas apenas para recomeçar sempre da mesma forma. É você que produz tudo, que lavra e semeia, que forja e tece, que amassa e transforma, que constrói e fabrica, que alimenta e fecunda! E você que legitima com a sua cédula de voto – e que nos impõe com a sua imbecilidade.

Porque não consome até à saciedade?

Porque é voce o mal vestido, o mal alimentado, o mal abrigado?

Sim, porque é o Zé Ninguém sem pão, sem sapatos, sem morada?

Porque não é o senhor de si mesmo? Porque se curva, obedece, serve? Porque é você o inferior, o humilhado, o ofendido, o servidor, o escravo?

Elabora tudo e nada possui? Tudo é por você, e você nada é.
Engano meu. Você é o eleitor, o maníaco do voto, o que aceita o que é; o que, pela cédula eleitoral, sanciona todas as misérias; o que, ao votar, consagra todas as suas servidões.

É o criado voluntário, o doméstico amável, o lacaio, o serviçal, o cão que lambe o chicote, que rasteja diante do pulso reto do dono. É o p2, o carcereiro e o bufão. É o bom soldado, o guarda modelo, o locatário benévolo. É o empregado fiel, o servidor dedicado, o camponês sóbrio, o operário resignado com a sua própria escravatura. É o carrasco de si mesmo. Do que está a reclamar?

É um perigo para nós, homens livres, para nós, anarquistas. É um perigo de igual modo que os tiranos, os senhores que você cria para si próprio, que elege, que apoia, que alimenta, que protege com as suas armas, que defende com a sua força bruta, que exalta com a sua ignorância.

Você é bem o Soberano que bajula e leva nas costas. Os discursos te lisonjeiam. Vota bem!

Os cartazes prendem a sua atenção; você gosta das idiotices e que te façam a corte: te satisfaz, enquanto aguarda que te fuzilem nas colônias, te massacrem nas fronteiras, à sombra ensanguentada da sua bandeira.

Se línguas interesseiras lambem à volta da tua real bosta, ó Soberano!; se candidatos sedentos de posições de chefia e cheios de banalidades escovam o espinhaço e a garupa da tua autocracia de papel; se você se embebeda com os elogios e as promessas que jogam sobre ti os que sempre te traíram, te enganam e irão te vender amanhã: é porque você se parece com eles. É porque não vale mais que a horda dos seus bajuladores esfomeados. É porque, não tendo podido elevar sua consciência sobre sua individualidade e sua independência, é incapaz de se emancipar por si mesmo. Não quer, portanto, não pode ser livre.

Vamos,
Confia nos teus mandatários, acredita nos teus eleitos.
Mas pára de reclamar. As ordens que você aguenta, é você mesmo que te impõe. Os crimes do qual é vítima, é você mesmo que comete.

Nós, saturados da opressão dos senhores que você escolhe, saturados de suportar a sua arrogância, saturados de suportar a sua passividade, vimos te chamar à reflexão, à ação:
Vamos, tenha um bom movimento:

Se livra deste hábito estreito da legislação, lava o seu corpo rudemente, a fim de que acabem os parasitas e os vermes que te devoram.

Só então poderá viver plenamente.

Originalmente publicado na revista L’Anarchie, em 1 de Março de 1906.

http://quoduniomystica.blogspot.com.br/

29 de out de 2014

A SECA QUE AVASSALA O MUNDO NOS ÚLTIMOS ANOS. INDÍCIOS DA GEO-ENGENHARIA. ABORDAGEM COMPLETA, CONFIRA!

Nenhum comentário:

Nunca se viu nada igual. Alguns dos maiores lagos e rios do mundo estão simplesmente secando. Os prejuízos contabilizam bilhões em dinheiro e as perdas materiais são incalculáveis.


Estaria a geo-engenharia relacionada de alguma forma com essa seca mundial?

Segundo a pesquisadora  Simone Tilmes, o uso de tecnologias de manipulação climática para reduzir o aquecimento global poderiam acarretar sérias consequências para o Planeta, tais como secas devastadoras. 

Calcula-se que o aquecimento global causado por um aumento maciço nos gases de efeito estufa estimularia um aumento médio de cerca de 7% nas precipitações em relação às condições pré-industriais, o patamar contra o qual o aquecimento global é calculado.

 Simone Tilmes
Contudo, tentar resolver o problema do aquecimento através da geoengenharia poderá inverter a situação, resultando em uma redução entre 5 e 7% nas chuvas na maioria das regiões do mundo, também em comparação com as condições pré-industriais.

Globalmente, a média de precipitação poderia diminuir em cerca de 4,5%, chegando a 7% na América do Norte e no Sudeste Asiático.

"A geoengenharia do planeta não resolve o problema. Mesmo que uma dessas técnicas possa manter as temperaturas globais aproximadamente equilibradas, as precipitações não voltariam às condições pré-industriais" disse Simone Tilmes, principal autora do novo estudo.

Este estudo internacional foi coordenado por cientistas do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica (NCAR) dos Estados Unidos, e chegou a conclusões parecidas com um trabalho feito por uma equipe europeia em 2012. Muitos cientistas têm defendido abordagens de geoengenharia para reduzir o aquecimento futuro, amparados na crescente preocupação com as mudanças climáticas. Este novo estudo, no entanto, demonstra que a engenharia do clima pode não ser a melhor solução para o problema.

Algumas dessas técnicas almejam essencialmente fazer sombra na atmosfera injetando partículas de sulfato na estratosfera ou colocando gigantescos espelhos em órbita da Terra com o objetivo de reduzir a incidência dos raios solares. Os autores advertem, porém, que o clima da Terra não iria retornar ao seu estado pré-industrial mesmo se o próprio aquecimento fosse atenuado com a engenharia climática.
"É muito mais um tipo de 'engula seu próprio veneno'," disse John Fasullo, coautor do trabalho. "Se você não gosta do aquecimento, você pode reduzir a quantidade de luz solar que atinge a superfície [da Terra] e esfriar o clima. Mas, se você fizer isso, grandes reduções nas chuvas são inevitáveis. Não há nenhuma opção do tipo ganha-ganha aqui."

R. Correa e Ted Gunderson
"Mais pesquisas poderão mostrar tanto as consequências positivas quanto as negativas para a sociedade de tais mudanças no ambiente" acrescentou Tilmes. "O que sabemos é que o nosso sistema climático é muito complexo, que a atividade humana está tornando a Terra mais quente e que qualquer solução tecnológica que possamos tentar para sombrear o planeta poderia ter consequências imprevisíveis."

Na verdade já são vários os indícios de que a geoengenharia está em curso nos dias atuais. Esta seca que está assolado diversas partes do mundo desde o final do ano passado vem somente para fortalecer algo que já está admitido, mas não foi ainda divulgado na grande mídia. Mesmo assim, muitas autoridades, como o presidente do Equador, R. Correa, e o ex-chefe do FBI Ted Gunderson, já denunciaram publicamente a existência da geoengenharia nos céus dos EUA, Canadá, Equador e Europa. 

Vejamos na sequência alguns dos piores casos de seca registrados no mundo desde o final de 2013.

O lago Poyang na China

O lago Poyang, o maior de água doce na China, perdeu quase 90% de seu volume em consequência da seca que castiga a bacia do Yangtze, informou nesta segunda-feira (30) o jornal South China Morning Post.
Grande parte do leito do lago é, atualmente, uma planície de barro, o que coloca em uma crítica situação as pessoas que moram em volta e dependem do Poyang para sobreviver.

A seca afeta uma bacia na qual vivem 400 milhões de pessoas, quase um terço da população chinesa, e a situação é especialmente dramática nas províncias do curso médio e baixo do rio (Anhui, Hunan, Jiangxi, Zhejiang e Jiangsu), onde as chuvas este ano foram entre 40% e 50% menores do que o normal.

Segundo a imprensa oficial, o lago tem atualmente 0,74 milhão de km³ de volume, 87% menos do que o habitual, já que em épocas úmidas o lago pode ter até 25 milhões de km³ de água. O segundo maior lago do país, o Dongting (também na bacia do Yangtze) está parcialmente seco, e sua área atual (cerca de 900 km²) é menos da metade da superfície habitual, segundo especialistas.

De acordo com o Escritório Estatal de Controle de Inundações e Secas, a situação afeta diretamente 3,29 milhões de pessoas e 6,96 milhões de hectares de campos de cultivo, equivalentes a 5% das terras cultiváveis no país. Por este motivo, o Centro Meteorológico Nacional declarou "alerta amarelo", já que nos próximos dias não estão previstas grandes precipitações na área afetada.

A Grande Seca na Califórnia

Oroville Lake
Não é nenhuma surpresa, realmente: os níveis de água nos reservatórios da Califórnia continuam a cair. Ainda assim, é impressionante ver a evidência de quão longe os reservatórios caíram. Na semana passada, o fotógrafo Justin Sullivan deu um passeio aéreo em alguns dos reservatórios, incluindo o Lago Oroville. Esse é o maior reservatório do Projeto de Água do Estado e o segundo maior no estado depois do Lago Shasta.

Uma seção do Lago Oroville é visto quase seco em Oroville, Califórnia., 19 de agosto de 2014 Como a grave seca na Califórnia continua por um terceiro ano consecutivo, os níveis de água em lagos e reservatórios do Estado está atingindo mínimos históricos. Lago Oroville está atualmente em 32 por cento do seu total de 3.537.577 metros Acre.

Folson Lake, a nordeste de Sacramento Califórnia, perdeu 80 por cento de sua capacidade de água em 2,5 anos. Imagens liberadas pela NASA esta semana mostram a barragem quase completa em 2011, com uma capacidade de 97 por cento e hoje ela está em 17 por cento.
O lago está tão baixo que os restos de um sítio arqueológico estão visíveis pela primeira vez em anos. 

Governador Jerry Brown, declarou estado de emergência da seca, em busca de auxílio do governo federal como a água cai perigosamente baixa e propor um pacote de alívio 687.400.000 $ 

NASA está agora a trabalhar com o Departamento de Recursos Hídricos da Califórnia para ajudar o Estado gerenciar seus recursos hídricos.
Agências de água e as cidades que dependem de Folsom Lake para água estão se preparando para condições de seca contínuos e baixos níveis do lago. Eles estão exigindo que os clientes que reduzam o consumo de água, alguns em até 25 por cento. Eles estão monitorando a situação diariamente, para ver os níveis de Folsom Lake em tempo real.


O Rio São Francisco

Em Minas Gerais, os rios estão secando por causa da estiagem. O São Francisco, que cruza boa parte do estado, é um dos mais afetados.

Bancos de areia estão cada vez maiores. A época é de estiagem, mas nunca se viu o Velho Chico tão seco. No município de São Francisco, norte do estado, o pescador trocou a rede por uma pá e a canoa, que antes ficava cheia de peixes, agora está repleta de areia.

A seca também preocupa os agricultores de Jaíba. O município é um dos maiores polos produtores de frutas de Minas Gerais e nos seis primeiros meses deste ano, registrou apenas 137 milímetros de chuva. No mesmo período do ano passado, o total foi de 269. A irrigação das lavouras só não foi comprometida por causa de ações emergenciais.

Em um banco de areia que se formou, só uma máquina já retirou 18 mil metros cúbicos de sedimentos em três meses ao longo do canal que leva àgua às lavouras do projeto Jaíba. Outras quatro trabalham para facilitar a chegada da água às lavouras e elas retiram tanta argila e areia que, por dia, cerca de 140 caminhões saem carregados.

A banana é a única cultura de uma fazenda em Jaíba. Três 3 mil metros cúbicos de água são necessários por mês para irrigar e beneficiar a fruta, mas a ordem no local é economizar ainda mais.

Acostumadas a trabalhar nas lavouras, agora as máquinas estão empenhadas na melhoria de uma estrada municipal de Chapada Gaúcha. As obras devem custar R$ 200 mil, valor que foi dividido entre três municípios por meio de um consórcio e produtores rurais. A medida é emergencial para não depender da balsa do Rio São Francisco para escoar a produção ou pagar fretes mais caros. Caminhões com mais de 30 toneladas não conseguem utilizar a embarcação por conta do baixo nível do rio.

A estrada de 130 quilômetros vai ligar Chapada Gaúcha ao município de Bonito de Minas, onde já existe asfalto. A região é grande produtora de sementes de capim e soja, com média de produção de 42 mil toneladas por ano.

Só de uma fazenda, toda semana saem 64 toneladas de sementes para Bahia, Minas Gerais e São Paulo. Por conta do baixo nível do rio, o gerente João Silva conta que já chegou a pagar um frete quatro vezes mais caro para escoar a produção.


São Paulo enfrenta a pior seca dos últimos 70 anos

A falta de chuva, sobretudo na região sudeste do país, tem afetado o processo industrial em diversas etapas. A economia brasileira já demonstra reflexos ao clima seco que tem atingido a grande São Paulo, principal polo produtivo do país.

ARAÇATUBA E PEDERNEIRAS (SP) — Não é apenas a capital paulista que vive a maior crise no abastecimento de água da sua história. O rico interior do estado de São Paulo enfrenta a pior seca dos últimos 70 anos. Não chove desde o final do ano passado. O Rio Tietê baixou em até oito metros na região de Araçatuba, a 467 quilômetros de São Paulo, interrompendo há dois meses o tráfego de barcaças na Hidrovia Tietê/Paraná, uma das maiores do país, já que há lugares onde o rio está no nível zero. Com isso, não será possível escoar parte das seis milhões de toneladas de grão transportadas por ali anualmente.

A situação impede a navegação até de barcos de pescadores, agravando a crise social. Já foram demitidas três mil pessoas que trabalhavam na hidrovia na região entre Araçatuba e Barra Bonita, com 42 municípios.

Hidrovia Tietê/Paraná deu lugar
 a um cenário desolador

A disputa pela água atinge proporções alarmantes, pois as seis hidrelétricas na região dão prioridade ao uso da água para a produção de energia elétrica e, assim, evitar um apagão. A agricultura também sofre e as destilarias de açúcar e álcool, com quebra na safra em até 25%, já dispensaram mil trabalhadores. E, para piorar, só há previsão de chuva para outubro ou novembro.

Essa bacia hidrográfica atinge 223 municípios, onde moram 27 milhões de pessoas que dependem da água do Tietê para viver. O nível do rio, porém, está baixo, sobretudo porque 65 de seus afluentes estão secos ou com um fio de água, segundo levantamento de Luiz Otávio Manfré, do Departamento de Água e Energia Elétrica (DAEE), do governo de São Paulo.

É o que ocorre com o Córrego Lafon, no distrito de Engenheiro Taveira, a cinco quilômetros de Araçatuba. O nível desse rio, afluente do Tietê, que já chegou a ter seis metros de profundidade, hoje não passa de um fio água fedorento, recebendo o esgoto de cinco mil pessoas que vivem em Taveira, além dos dejetos de um curtume da região.

Com a redução no nível do Tietê, muitos barcos não podem navegar, e os pescadores profissionais têm dificuldades para obter seu sustento do rio. O movimento em busca de barcos está tão fraco que José Carlos de Souza, de 59 anos, vendeu as quatro embarcações que tinha para alugar aos pescadores.
José Carlos de Souza teve que vender os
 quatro barcos que alugava para pescadores 


— Só tenho um barco para meu uso, mas até o cobri com lona porque ele está ancorado a cem metros do rio, quando antes ficava no píer dentro d'água — disse José Carlos, estabelecido no Porto Bico de Pedra, às margens do Tietê.

Alagoano, Júnior Francisco da Silva, de 32 anos, há 13 no local, acha que o clima na região está parecido com o Nordeste, onde nasceu.

— Nem parece que ali passava um rio em que a gente pescava — disse.

A situação desses 65 rios secos se agravou porque este ano só choveu 50 milímetros (mm) na região, em julho, insuficiente para reduzir o déficit hídrico na bacia do Tietê. Em 2009, chegou a chover na região 2 mm. Em 2011, choveu 1.315 mm, caindo para 1.260 mm em 2012 e para 835 mm em 2013. De outubro de 2013 até agora, só choveu 715 mm. De janeiro a março, época de chuvas no estado, nem um pingo.
a represa de braganca paulista no interior de sao
paulo que faz parte do sistema
 cantareira esta praticamente seca

— O mais grave é que agora só há previsão para chover em outubro ou novembro. Se voltar a chover dentro da média histórica, ainda vamos levar meses para recuperar o déficit hídrico — disse Manfré

Economicamente, a situação mais crítica foi a paralisação da Hidrovia Tietê/Paraná, que nasce em Goiás e vai até a Hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu, no Paraná, com 2,2 mil quilômetros, dos quais 800 quilômetros no estado de São Paulo. A hidrovia está paralisada desde maio, porque o Rio Tietê baixou até oito metros em alguns trechos, inviabilizando a navegação. Com a hidrovia parada, o prejuízo é estimado em R$ 200 milhões, segundo o Departamento Hidroviário (DH).

http://chemtrailbrasil.blogspot.com.br/

27 de out de 2014

A MÍDIA MENTE - A Verdade sobre a Islândia

Nenhum comentário:




Comprove como a "Mídia" tradicional e oficial, manipula e omite as informações...
Assista também: A MÍDIA MENTE - A verdade sobre a Líbia e Kadafi - HD -- Brasil
http://youtu.be/GnF-WrOHQzQ

26 de out de 2014

Aécio Neves e Família São Ameaçados de Morte

Nenhum comentário:

PF vai apurar ameaças de morte à família de Aécio

Usuários postaram ameaças em redes sociais nesse sábado (25/10).
Publicado em 25 de Outubro de 2014 19h21
COLIGAÇÃO MUDA BRASIL
Nota à imprensa
A Coligação Muda Brasil informa que, na tarde deste sábado (25/10), após confirmada a visita do senador Aécio Neves a São João del Rei, pessoas do campo político contrário à sua candidatura presidencial passaram a divulgar ameaças de morte ao candidato e à sua família pelas redes sociais.
É lamentável o clima de intolerância estimulado pela campanha adversária, baseada em mentiras e calúnias, que levou a essa situação de agressividade jamais vista na democracia brasileira.
A Polícia Federal, que já se encontrava na cidade para investigar o uso da estrutura física da Universidade Federal de São João Del Rei para divulgar material calunioso contra o senador Aécio Neves e a favor da campanha adversária, irá apurar também essas ameaças, a pedido da assessoria jurídica da coligação, que pleiteia a apuração da relação entre os autores das ameaças e os interesses políticos defendidos.
Em anexo, duas ameaças postadas em redes sociais e mensagem postada por professor da universidade após o início da investigação da Polícia Federal.





http://cleubercarlos.blogspot.com.br/2014/10/aecio-neves-e-familia-sao-ameacados-de.html

24 de out de 2014

Denúncia Bombástica - Rede Glogo manipulou as Eleições do Collor em 89

Nenhum comentário:
Em entrevista ao programa Globo News Bastidores, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, principal executivo da Rede Globo à época da campanha presidencial de 1989, disse ao jornalista Geneton Moraes Neto, que ajudou Collor contra Lula no segundo debate daquela eleição. A revelação de Boni irritou o ex-presidente e surpreendeu o atual diretor da Central Globo de Jornalismo, Ali Kamel, que rebateram as declarações.Abaixo, o momento em que é revelado a manipulação do debate em benefício de Collor de Mello.

Geneton Moraes Neto - Você, como grande nome da TV, chegou a ser procurado por algum candidato na primeira eleição direta para presidente depois do fim do regime militar? Que conselho objetivo você deu?

Boni - Nós fomos procurados pela assessoria do Collor. O Miguel Pires Gonçalves (superintendente executivo da Globo) é que pediu que eu desse alguns palpites. E eu achei que a briga do Collor com Lula nos debates estava desigual, porque Lula era o povo e o Collor era a autoridade. Então nós conseguimos tirar a gravata do Collor, botar um pouco de suor com uma glicerinazinha e colocamos as pastas todas que estavam ali, com supostas deníncias contra o Lula. Mas as pastas estavam inteiramente vazias ou com papeis em branco. Foi uma maneira de melhorar a postura do Collor junto ao espectador, para ficar em pé de igualdade com a popularidade do Lula. O suor de Collor no debate, então, foi produzido? Todo aquele debate foi. Não o conteúdo. O conteúdo era do Collor mesmo. Mas a parte, vamos dizer assim, formal nós é que fizemos. Eu me lembrei do Jânio (Quadros). Só não botei uma caspinha no Collor porque ele
não aceitou.
A entrevista faz parte da série Dossiê Globo News, comandada pelo jornalista Geneton Moraes Neto, da Globo News.
A reação de Collor, por e-mail:
"Nunca pedi a ninguém para falar com o Boni. Meu contato era direto com o dr. Roberto (Marinho). Portanto, não houve assessor nem intermediário para falar com ele. Mentira. Nunca tirei a gravata nos debates. Mentira. Suor durante os debates - Nem natural nem aspergido pelo Boni. Glicerina -- Mais uma viajada na maionese. Mentira. Debate produzido -- Um foi na Manchete e o segundo foi na Band. Mentira. Pastas vazias -- Ao contrário, cheias de papeis, gráficos, números da economia, que sequer utilizei. Mentira. Resumo, o Boni despirocou".
Alguns trechos da reação de Ali Kamel:
"A afirmação de Boni só pode surpreender a quem não acompanha de perto a história da Globo. No livro Notícias do Planalto (1999), de Mario Sergio Conti, há referências minuciosas ao episódio. De lá para cá, Boni voltou ao tema algumas vezes, a ultima delas, creio, em entrevista à revista Imprensa, de 01/09/2010, quando disse -- Houve o debate no qual eu, de certa maneira, participei. O Miguel Pires Gonçalves e a Zélia Cardoso de Mello pediram para que eu desse uma mão para o Collor. E eu dei umas dicas a ele, como se vestir mal para não ficar engomadinho, dicas em relação às pastas de informações que tinham que conter nos debates. Foi, portanto, uma iniciativa do Boni, como cidadão, mesmo que como o consentimento de Roberto Marinho. Com segurança, que, se o episódio era factível no contexto histórico da época, hoje ele seria de todo impossível". (A íntegra da resposta de Kamel, foi publicado por Nelson de Sá na Folha de São Paulo).

Por isso que o voto é obrigatório no Brasil, alienados sendo obrigado a votar, é presa fácil para a manipulação. 

Voto Obrigatório Não!


PSDB ESTÁ ENVOLVIDO NO ESQUEMA DA PETROBRAS, E AGORA AÉCIO?

Um comentário:

Ontem a Folha de São Paulo revelou que o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, acusou o ex-presidente do PSDB, Sérgio Guerra, de ter recebido uma propina de 10 milhões de reais, relacionada ao escândalo na empresa. Quando o mesmo Paulo Roberto acusou o PT de receber propina, o “Jornal Nacional” fez 10 minutos e 7 segundos de reportagens sobre o assunto. Podem conferir nos links abaixo. Ontem, dia da denúncia contra o PSDB, o “Jornal Nacional” não deu 1 segundo sequer!
Qual é o direito dessa empresa de interferir de forma tão brutal nas eleições? Eles operam com uma concessão pública, jamais poderiam utiliza-la para fazer campanha para um candidato. Sim, porque uma cobertura de dez minutos mostrando que o PSDB está envolvido com o caso na Petrobras, nessa altura da corrida eleitoral, seria fatal para o Aécio Neves. Ele que construiu um discurso moralista durante toda a campanha, usando e abusando politicamente do caso Petrobras, agora veria seu partido imerso na mesma lama. Seria desmoralizante. A Globo já tinha dado outros golpes nessa eleição. Um dos mais marcantes foi não deixar claro que Paulo Roberto Costa é funcionário de carreira da empresa desde 1978, sendo indicado diretor da GASPETRO ainda no governo FHC, em 1997. Em 2004, de fato, ele foi indicado por Lula para a diretoria de abastecimento. Essa informação de que Costa virou diretor ainda no governo do PSDB e foi indicado para a GASPETRO por FHC era fundamental para as pessoas, mas a intenção da Globo sempre foi manipular, para que elas achassem que foi o PT que levou o ladrão para a empresa. Outros golpes como esse foram dados pela Globo nessa eleição, mas nem compensa aprofundar aqui.

A Rede Globo é sem dúvida o maior câncer do país.
Reportagem da Folha:
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/10/1533519-costa-diz-que-pagou-propina-ao-ex-presidente-do-psdb-sergio-guerra.shtml
Links do JN:
1) http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/10/paulo-roberto-teria-revelado-que-esquema-financiou-campanha-de-2010.html
2) http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/10/ex-contadora-de-youssef-diz-que-emitiu-r-7-milhoes-em-notas-frias.html
3) http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/10/paulo-roberto-e-youssef-deram-detalhes-de-esquema-na-petrobras.html
4) http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/10/delacoes-de-paulo-roberto-e-youssef-provocam-reacoes-de-candidatos.html
Currículo de Paulo Roberto Costa:
ROBERTO COSTA
Nascimento: 01/01/1954
O Sr Paulo Roberto Costa é Engenheiro Mecânico, formado pela Universidade Federal
do Paraná em 1976. Curso de especialização na PETROBRAS em Engenharia de
Instalações no Mar. Participou das instalações de plataformas e do desenvolvimento da
produção da Bacia de Campos de 1979 a 1994 nas áreas de Engenharia,
Superintendência de Apoio e como Superintendente da Região de Produção do
Sudeste.
Em 1995 foi indicado como Gerente Geral da E&P-Sul (Exploração e Produção do Sul),
responsável pelas Bacias de Santos e Pelotas. Em 1996 respondeu pela Gerência
Geral de Logística da área de E&P. De 1997 até Maio de 1999 respondeu pela Gerência
de Gás, área responsável pela comercialização do Gás Natural na Petrobras.
Diretor da Petrobras Gás S.A. - GASPETRO, de maio de 1997 a dezembro de 2000.De
janeiro de 2001 a abril de 2003 esteve como responsável pela Gerência Geral de Logística da Unidade de Negócios Gás Natural da Petrobras.
De abril de 2003 a maio de 2004, Diretor-Superintendente da TBG-Transportadora
Brasileira Gasoduto Bolívia Brasil S.A.
Em 14 de maio de 2004 nomeado Diretor de Abastecimento da Petrobras.
Foto: PSDB ESTÁ ENVOLVIDO NO ESQUEMA DA PETROBRAS, E AGORA AÉCIO?
Ontem a Folha de São Paulo revelou que o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, acusou o ex-presidente do PSDB, Sérgio Guerra, de ter recebido uma propina de 10 milhões de reais, relacionada ao escândalo na empresa. Quando o mesmo Paulo Roberto acusou o PT de receber propina, o “Jornal Nacional” fez 10 minutos e 7 segundos de reportagens sobre o assunto. Podem conferir nos links abaixo. Ontem, dia da denúncia contra o PSDB, o “Jornal Nacional” não deu 1 segundo sequer!
Qual é o direito dessa empresa de interferir de forma tão brutal nas eleições? Eles operam com uma concessão pública, jamais poderiam utiliza-la para fazer campanha para um candidato. Sim, porque uma cobertura de dez minutos mostrando que o PSDB está envolvido com o caso na Petrobras, nessa altura da corrida eleitoral, seria fatal para o Aécio Neves. Ele que construiu um discurso moralista durante toda a campanha, usando e abusando politicamente do caso Petrobras, agora veria seu partido imerso na mesma lama. Seria desmoralizante. A Globo já tinha dado outros golpes nessa eleição. Um dos mais marcantes foi não deixar claro que Paulo Roberto Costa é funcionário de carreira da empresa desde 1978, sendo indicado diretor da GASPETRO ainda no governo FHC, em 1997. Em 2004, de fato, ele foi indicado por Lula para a diretoria de abastecimento. Essa informação de que Costa virou diretor ainda no governo do PSDB e foi indicado para a GASPETRO por FHC era fundamental para as pessoas, mas a intenção da Globo sempre foi manipular, para que elas achassem que foi o PT que levou o ladrão para a empresa. Outros golpes como esse foram dados pela Globo nessa eleição, mas nem compensa aprofundar aqui.
A Rede Globo é sem dúvida o maior câncer do país.

Reportagem da Folha:
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/10/1533519-costa-diz-que-pagou-propina-ao-ex-presidente-do-psdb-sergio-guerra.shtml
Links do JN:
1) http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/10/paulo-roberto-teria-revelado-que-esquema-financiou-campanha-de-2010.html
2) http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/10/ex-contadora-de-youssef-diz-que-emitiu-r-7-milhoes-em-notas-frias.html
3) http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/10/paulo-roberto-e-youssef-deram-detalhes-de-esquema-na-petrobras.html
4) http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/10/delacoes-de-paulo-roberto-e-youssef-provocam-reacoes-de-candidatos.html
Currículo de Paulo Roberto Costa:
ROBERTO COSTA
Nascimento: 01/01/1954
O Sr Paulo Roberto Costa é Engenheiro Mecânico, formado pela Universidade Federal
do Paraná em 1976. Curso de especialização na PETROBRAS em Engenharia de
Instalações no Mar. Participou das instalações de plataformas e do desenvolvimento da
produção da Bacia de Campos de 1979 a 1994 nas áreas de Engenharia,
Superintendência de Apoio e como Superintendente da Região de Produção do
Sudeste.
Em 1995 foi indicado como Gerente Geral da E&P-Sul (Exploração e Produção do Sul),
responsável pelas Bacias de Santos e Pelotas. Em 1996 respondeu pela Gerência
Geral de Logística da área de E&P. De 1997 até Maio de 1999 respondeu pela Gerência
de Gás, área responsável pela comercialização do Gás Natural na Petrobras.
Diretor da Petrobras Gás S.A. - GASPETRO, de maio de 1997 a dezembro de 2000.De
janeiro de 2001 a abril de 2003 esteve como responsável pela Gerência Geral de Logística da Unidade de Negócios Gás Natural da Petrobras.
De abril de 2003 a maio de 2004, Diretor-Superintendente da TBG-Transportadora
Brasileira Gasoduto Bolívia Brasil S.A.
Em 14 de maio de 2004 nomeado Diretor de Abastecimento da Petrobras.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo