5 de jul de 2014

OSHO fala sobre FUTEBOL, miséria humana e escravidão. (Recomendo)


Perguntaram a Osho sobre esportes e futebol e ele responde:
Chidananda, você disse, ‘No Ocidente, celebração está associada com a idéia americana de divertimento.’ Isto traz uma outra implicação. Somente um homem miserável necessita de divertimento. Assim como um homem doente precisa de medicamento, um miserável necessita de divertimento. Isto é apenas uma estratégia muito engenhosa para evitar a sua miséria.
A miséria não é evitada; você somente se esquece por um tempo que é miserável. Sob a influência de drogas, do sexo ou sob a influência do que você chama de divertimento, o que na verdade você está fazendo? Você está escapando de seu vazio interior. Você está se envolvendo em todo tipo de coisas. Uma coisa da qual você sente medo é do seu próprio ser.
Isto tem criado uma certa loucura, mas porque no Ocidente todo mundo está no mesmo barco, isto se torna muito difícil de ser reconhecido. Milhões de pessoas estão assistindo futebol americano, e você chama essas pessoas de inteligentes? Então, quem você vai chamar de retardado? E não é que essas pessoas estejam apenas envolvidas em jogos como o futebol americano, elas estão pulando, estão gritando, estão brigando. E porque não existem estádios suficientemente grandes para acomodar todo o país, todo mundo está sentado grudado em sua cadeira diante da televisão. E elas estão fazendo as mesmas coisas estúpidas: sentadas em suas cadeiras, gritando...
Eu conheço um homem que, porque seu time estava perdendo, ficou tão enlouquecido que quebrou sua televisão. Eu estava com este homem e lhe disse, ‘Você está preparado para ser internado num asilo de loucos? Em primeiro lugar, futebol deveria ser para crianças. Você já passou dessa idade, mas mentalmente você não tem mais que doze ou treze anos. E o que você fez com sua televisão me leva a suspeitar que você não é apenas retardado, mas louco também.’ (...)
As pessoas têm se tornado tão voltadas para fora que não conseguem, nem mesmo por um simples momento, sentar em silêncio. Esta é a coisa mais difícil no mundo. As pessoas não param quietas. Qual é o medo? O medo é que você pode encontrar o seu vazio e uma vez que ele seja encontrado, a sua vida perde todo o interesse, todo o sabor, todo o sentido e significado.
Todo mundo está fugindo de si mesmo. E chamam de divertimento a essa fuga de si mesmo.
A vida do homem ocidental pode ser dividida em duas partes: a primeira é se divertindo e a segunda é tendo ressaca. Com o tempo, a ressaca se torna mais prolongada que o divertimento. E ele segue, num círculo vicioso, entre essas duas partes, desperdiçando sua vida e não chegando a lugar algum.
Não se pode dizer que chegar ao cemitério significa chegar a algum lugar. Isto simplesmente significa que agora a roda está tão cansada e tão entediada com os divertimentos e com as ressacas sofridas que ela quer descansar dentro de uma sepultura.
As pessoas descansam apenas em suas sepulturas.
Fora da sepultura, não há tempo para descansar................
Osho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo