12 de dez de 2013

DEUS TAMBÉM VIGIA OS EXTRATERRESTRES E VATICANO ADMITE QUE OS ETS SÃO NOSSOS IRMÃOS !!!

Crédito Imagem: Rafael Amorim

Numerosos representantes da Igreja Católica têm defendido ao longo da história da existência de vida extraterrestre.

"Uma vez que o poder de Deus é ilimitado, não apenas possível, mas provável que existam planetas habitados". Estas palavras foram ditas por Corrado Balducci, um padre italiano e próximo ao Papa João Paulo II pessoa. Membro da cúria do Vaticano, Balducci, que morreu em 2008, aos 85 anos e que também serviu como um exorcista, é considerado um dos maiores expoentes da crença de vida extraterrestre dentro da Igreja Católica.

Corrado Balducci
"É possível que haja o que chamamos de UFOs e os personagens podem ser tripulantes destas naves, que não só a ciência, mas também para a nossa própria capacidade natural superior", disse ele em outra ocasião

Geralmente, ao longo da história, a Igreja tem na ponta dos pés para a possível existência de vida alienígena. No entanto, quando ele se referiu a ele, não houve uma ruptura da frente com o dogma católico tanto como uma corrida e outra seria criar o mesmo poder divino, argumentou.

Antes Balducci outras figuras eclesiásticas defendeu a possibilidade de vida extraterrestre é dado e, em alguns casos deu alguma antecedência. Cardeal Nicolau de Cusa (1401-1464), considerado um precursor de Copérnico, argumentou que "não há nenhuma estrela que estamos autorizados a excluir a existência de seres, seja totalmente diferente de nós." Pensamentos de Cardeal foram coletadas e estendido 150 anos mais tarde pelo frade dominicano Giordano Bruno (1548-1600). De acordo feito isso, o sol é apenas uma estrela entre os muitos e há universo habitado mundos infinitos. Esta e outras teorias, como a de que Jesus Cristo era apenas um mágico fantástico, você deveria convicção de Bruno por heresia e queimado na estaca morrer. 400 anos depois de João Paulo II "lamentou profundamente" a morte do dominicano.


            Observatório do Vaticano

O Vaticano tem seu próprio observatório astronômico-o Observatório do Vaticano, onde o italiano-denominação, através do qual um grupo de pesquisadores, todos os jesuítas, perscruta as profundezas do universo. Sua cabeça, o padre argentino José Gabriel Funes, argumenta que seres extraterrestres "que pode se relacionar com Deus, como temos feito, e sua existência não seria lidiada com a existência de Jesus Cristo." "Não vejo dificuldade na fé católica", justifica respeito.

Como curiosidade há que afirma ter visto um UFO sobre o Vaticano durante a eleição do Papa Francisco. E, dizem, os alienígenas não perde a oportunidade de observar emprimeira mão os acontecimentos mais significativos na história da humanidade.


Vaticano Admite que os Alienígenas São nossos Irmãos, nós não estamos sozinhos em um universo infinito, seríamos muito privilegiados sendo nós os únicos. Felizmente, há muitas evidências de que há seres em outros planetas com tecnologia muito avançada e vieram aqui definitivamente para nos salvar da nossa própria destruição. Algo que o homem poderia fazer, destruir seu próprio planeta com tantos testes químicos e nucleares. Apenas com o desejo de ser cada vez mais poderoso. 

Fontes:www.abc.es
http://ufosonline.blogspot.com.br

     
  Fonte:Freddy Puente
http://ufosonline.blogspot.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!